Imprensa internacional repercute classificação do Flamengo na Libertadores: 'Sonho segue vivo'


A classificação do Flamengo à semifinal da Libertadores ganhou as manchetes da imprensa internacional. Após a vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians nesta terça-feira, no Maracanã, jornais de vários países deram destaque para a campanha do Rubro-Negro no torneio sul-americano.

+ Quem chega e quem sai? Confira o vaivém do mercado no Flamengo

OLÉ, DA ARGENTINA

A reportagem do diário Olé, da Argentina, sobre a partida destacou os brilhos individuais do elenco do Flamengo, especialmente o de Arrascaeta. Para o jornal argentino, o uruguaio, que deu assistência para o gol de Pedro "está num momento sublime pela visão de jogo e condução".

Em outra publicação, o mesmo veículo exaltou duas "tremendas sequências" do Flamengo na Libertadores. A primeira é a chegada à terceira semifinal nos últimos quatro anos, com uma "importante quantidade de estrelas no elenco." A outra sequência citada são os 19 jogos invictos como mandante no torneio sul-americano.

- O Maracanã pesa muito - disse o Olé.

AS, DO CHILE

O diário As, do Chile, deu destaque para a manutenção do "sonho continental para Vidal e o Flamengo". O volante chileno entrou no segundo tempo e participou da classificação rubro-negra sobre o Corinthians.

- Ele entrou para circular a bola e ser um apoio para os companheiros no meio da quadra. Ainda assim, quase deu uma assistência, mas Gabigol errou o chute - publicou o AS, sobre Vidal.

Diário Olé - Flamengo na Libertadores
Diário Olé - Flamengo na Libertadores

Olé repercute sequências do Flamengo (Foto: Reprodução/Olé)

MARCA E MUNDO DEPORTIVO, DA ESPANHA

O Flamengo também foi destaque em dois jornais esportivos da Espanha. O Marca exaltou a classificação rubro-negra "com autoridade" sobre o Corinthians pelo placar agregado de 3 a 0.

- O Mengão não foi tão contundente quanto no jogo de ida, mas mostrou muita solidez na parte defensiva para sair novamente sem sofrer gols - escreveu o Marca no texto.

Com destaque para Vidal, o Mundo Deportivo ressaltou que o Flamengo "não pisou no acelerador" e ainda comparou com o time histórico de 2019.

- O Flamengo se parece cada vez mais com o time que surpreendeu o continente em 2019 sob o comando do técnico português Jorge Jesus. Agora no banco está um técnico brasileiro experiente em mil batalhas: Dorival Júnior. Desde que assumiu o cargo em junho, o time carioca recuperou o impulso perdido e continua sonhando em repetir a final que cruelmente perdeu para o Palmeiras no ano passado.

A BOLA E O JOGO, DE PORTUGAL

Nos veículos portugueses, o destaque maior foi para a eliminação de Vitor Pereira, técnico do Corinthians. O veículo "O Jogo" também ressaltou que o Flamengo pode enfrentar outro treinador português na semifinal, caso o Talleres, de Pedro Caixinha, avance contra o Vélez.