Iga Swiatek vence Ons Jabeur é campeã pela 1ª vez do US Open

A jovem tenista polonesa Iga Swiatek derrotou neste sábado a tunisiana Ons Jabeur para conquistar pela primeira vez o US Open, o terceiro título de Grand Slam de sua carreira.

Swiatek, número 1 do mundo, fechou o jogo em 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 7-6 (7/5), em uma hora e 51 minutos de partida no Arthur AShe Stadium.

A polonesa, de 21 anos e duas vezes campeã de Roland Garros (2020 e 2022), segue imbatível nas finais, com vitórias nas últimas dez que disputou.

Por sua vez, Jabeur, vice-campeã de Wimbledon, deixou escapar sua segunda oportunidade de ser a primeira africana a levantar um troféu de Major.

A tunisiana, de 28 anos, viu o início arrasador de Swiatek, que venceu o primeiro set em meia hora, e lutou muito no segundo até forçar o 'tiebreak', mas não conseguiu levar o jogo para o terceiro set.

Após sua derrota para Elena Rybakina em Wimbledon, a tunisiana fez uma bela campanha em Nova York, tendo cedido apenas um set até as semifinais.

Primeira africana a competir pelo troféu do US Open, Jabeur caiu na final para uma Swiatek que foi avançando no torneio de forma discreta e contendo suas expectativas.

Mas no jogo decisivo, a polonesa apresentou sua versão demolidora, com a qual conquistou outros seis títulos na temporada, incluindo Roland Garros, e somou mais um troféu de Grand Slam à sua galeria.

Em um circuito feminino sem uma jogadora dominante desde o declínio de Serena Williams, Swiatek é a primeira a conquistar dois dos quatro Majors na mesma temporada desde 2016.

No torneio de despedida de Serena, a polonesa também foi a primeira jogadora a chegar a sete títulos em um ano desde a estrela americana, em 2014.

"Tinha que estar focada e este torneio foi muito desafiador porque Nova York é tão barulhenta, tão louca, há tantas tentações na cidade, pessoas inspiradores que conheci. Estou muito orgulhosa", afirmou Swiatek antes de receber o troféu.

A final masculina do US Open será no domingo entre o espanhol Carlos Alcaraz e o norueguês Casper Rudd. O vencedor irá levantar seu primeiro troféu de Grand Slam e será o novo número 1 do ranking da ATP.

gbv/gfe/cb