Iga Swiatek bate Ons Jabeur, é campeã do US Open e consagra temporada brilhante

Iga Swiatek segue absoluta na temporada e faturou o US Open neste sábado (Foto: JULIAN FINNEY / AFP)


Se o US Open de 2022 marcou a aposentadoria de uma lenda como Serena Willians, o torneio também cravou definitivamente o presente e o futuro do tênis: Iga Swiatek. A polonesa, de 21 anos, derrotou a tunisiana Ons Jabeur neste sábado, na quadra central da Arthur Ashe, por 2 sets a 0, consagrou-se pela primeira vez campeã do Grand Slam dos EUA e faturou seu terceiro troféu de Major.

O título em Nova Iorque consolida a temporada brilhante da número 1 do mundo, com sete títulos e 57 vitórias. Além do US Open, ela havia conquistado Roland Garros em junho, o WTA 1000 de Indian Wells, Miami e Roma, e o WTA 250 de Stuttgart e Doha. O triunfo foi o 10º consecutivo de Swiatek em uma final.

Se um lado é só de festa, o outro é de pura frustração. Afinal de contas, Jabeur terá que se contentar com um vice de Grand Slam pela segunda vez consecutiva. Além do segundo lugar no US Open, também foi vice em Wimbledon, quando perdeu para para Elena Rybakina. Ela segue em busca de seu primeiro título de Major, consequentemente o primeiro para o tênis árabe.

O primeiro set começou com Iga abrindo 3 a 0, mas Jabeur recuperando a quebra e encostando em 3 a 2. Só que a polonesa foi avassaladora na sequência, quebrando mais duas vezes. O segundo set foi saque a saque, muito igualando sem nenhuma desgarrar no placar. O tie-break merecido mostrou Swiatek na frente com mini-quebra, mas Jabeur recuperou e abriu 5 a 4 com o saque. Iga, no entanto, não deu sopa ao azar e fechou o jogo com três pontos seguidos.