Histórico barco de bandeira australiana vence regata do Colégio Naval durante a Semana de Vela de Angra dos Reis

Aline Bassi / Balaio de Ideias


Lendário barco francês australiano construído em 1970 na Suíça, o Chancegger foi o vitorioso na classe BRA-RGS neste sábado na regata em homenagem ao Colégio Naval na disputa da Semana de Vela de Angra dos Reis. A competição é realizada pelo Angra dos Reis Marina Clube em parceria com o Colégio Naval e tem o apoio da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano.

O veleiro de 65 pés aproveitou o dia com ventos mais fortes Sudoeste de 25 de média com rajadas na casa dos 30 para desbancar o Bruschetta, de Ubatuba (SP), na regata de percurso contornando a Ilha da Gipóia. A equipe do Chancegger é comandada pelo argentino Jose de la Vega e tem tripulação argentina com presença do velejador olímpico de Atlanta 1996, Martin Billoch. O brasileiro Fred Paim assumiu como co-capitão há pouco tempo, após a disputa da Semana de Vela de Ilhabela, no fim de julho. O veleiro disputou na década de 70 a competição mais tradicional da Vela de Oceano, a America´s Cup (desde 1851), representando a França.

"Velejar no Chancegger é uma grande emoção, um veleiro Classe 12 Metros que já velejou em quase todos os mares do mundo competindo no mais alto nível, disputando o classificatório da America´s Cup em 1970. Aqui Angra dos Reis, um tremendo lugar, maravilhoso. Hoje foi um vento espetacular, constante, mar pesado, onda, que gostamos. Velejamos muito bem no tempo real, isso já era de esperar pela potência que ele tem nas condições de vento e para nossa grata surpresa ganhamos no tempo corrigido dos nossos amigos do Bruschetta por 47 segundos. Estamos muito felizes, foi um momento muito valioso. É uma honra estar nesse barco nível mundial, em Mônaco ele vira pescoço, chama atenção", disse Paim.

A vitória colocou o Chancegger na nona colocação no geral na classe BRA-RGS. A equipe do Bruschetta, de Ubatuba (SP), ficou em segundo neste sábado e manteve a liderança geral com cinco pontos perdidos. O barco de Angra dos Reis, o Buscapé, pulou para a vice-liderança com dez pontos perdidos, deixando o barco do Rio de Janeiro, o Caronte Nix, com onze pontos perdidos na terceira colocação. Apesar da diferença, a disputa segue parelha principalmente entre Bruschetta e o Caronte uma vez que com a realização da regata de domingo haverá um descarte para o pior resultado.

Na classe ORC, o percurso foi de 18 milhas náuticas com o Crioula vencendo a regata deixando o Phoenix em segundo e o Bravo em terceiro. No geral o Crioula lidera com três pontos perdidos e muito perto da conquista. O Phoenix vem em segundo com seis e o Bravo em terceiro com sete. O King é o quarto com nove.

A Semana de Vela de Angra dos Reis termina neste domingo com as últimas regatas a partir das 12h e definição dos campeões e o Campeão Brasileiro na classe BRA-RGS. A premiação será feita no Angra dos Reis Marina Clube a partir das 18h.

A competição tem a realização do Angra dos Reis Marina Clube e da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis através da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer , com chancela da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, a ABVO.

Programação Oficial:

11/09

12h - Largada das regatas - Local: Baía da Ribeira ou altura do Colégio Naval (definição a partir das 9h30)
18h - Premiação Regata Colégio Naval e Semana de Vela de Angra dos Reis Encerramento Local: Angra dos Reis Marina Clube