Há quase um mês sem sofrer gol, defesa do Vasco é alívio ao torcedor e esperança para o acesso

Elenco cruz-maltino vive dias de euforia com a torcida diante da boa fase na Série B (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)


Você lembra quando foi a última vez que o Vasco levou um gol? Faz quase um mês, período em que o Cruz-Maltino contornou a crise dos primeiros jogos da Série B do Campeonato Brasileiro e chegou ao G4. São bons sinais para o presente e um alívio para quem lembra de um passado nem tão distante.


A retaguarda tem sustentado um time de ataque ainda pobre, apesar de ter feito, na última rodada, dois gols em um mesmo jogo pela primeira vez na competição. Quatro jogos sem ser vazado, com três vitórias no período, mostram um time que tem argumentos para seguir sonhando com o acesso.

No ano passado, este mesmo LANCE! já havia explicado como, historicamente, ter bons números defensivos são importantes para a maioria dos times que conquistam a vaga na elite nacional. E 2021 foi terrível: o Vasco conseguiu, ao lado do Brasil-RS, ter a segunda pior defesa daquela Série B, com 52 gols sofridos.

Nesta edição, o time de Zé Ricardo tem, além do último, para o Tombense, somente outros dois gols nos nove jogos até aqui. Ao lado de Cruzeiro e Sport, são as três melhores defesas da competição. Todos times que estão na parte de cima da tabela.

Não é coincidência. Quanto mais o time cruz-maltino conseguir aumentar o número de jogos sem sofrer gols, mais chance terá de voltar à Série A.

TABELA
> Confira jogos, classificação e simule resultados da Série B-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!