Guns N' Roses: O que aconteceu com a voz de Axl Rose?

Axl Rose subiu ao palco do Rock in Rio pela quinta vez comandando o Guns N' Roses e cantou alguns dos maiores sucessos da banda. Assim como ocorre desde 2001, a voz do cantor voltou a ser alvo de críticas nas redes sociais, com muita gente lamentando que ele não tenha mais aquele vocal que movimentou o mundo do rock nos anos 1980 e 1990.

Rock in Rio 2022: acompanhe ao vivo atrações e bastidores da Cidade do Rock

Programação do Rock in Rio: confira horários dos shows no segundo fim de semana

Desde a primeira música do show desta madrugada, "It´s so easy", os fãs estranharam a voz de Axl nos momentos mais agudos das canções. A voz voltou a falhar em vários momentos ao longo do show, em músicas como "Welcome to the jungle", "Rocket Queen" e "Civil war". Mas os problemas de Axl com a voz não vêm de agora.

Recentemente, a banda cancelou uma apresentação em Glasgow, na Escócia, no dia 5 de julho, por problemas na saúde vocal de Axl. Na ocasião, o cantor disse estar seguindo recomendações médicas para manter a garganta saudável. Ele revelou ainda ter feito adaptações que lhe permitam alcançar as notas de forma confortável para seu corpinho de 60 anos.

Antes de cancelar o show escocês, a banda fez duas apresentações na Inglaterra, que foram alvo de críticas pelos presentes. O grupo tocou em duas noites consecutivas em Tottenham. Na apresentação derradeira, Axl Rose revelou aos fãs que estava passando por dificuldades. O músico disse ter dormido no estádio, por uma noite, "por estar doente demais para voltar para seu hotel de cinco estrelas na capital inglesa". Em seguida, no meio da performance da música "Civil war", ele alterou o tom da voz para um registro mais baixo.

No Rock in Rio e vovô, Billy Idol celebra 46 anos de carreira: 'Jamais imaginaria ainda estar aqui hoje'

"Bem-vindo ao mundo do barítono", disse o artista, após o fim da música. Diante da multidão, o cantor afirmou: "Como vocês podem ver, estou tendo alguns problemas, mas esses shows são realmente importantes para nós". Em seguida, acrescentou: "Então, vou precisar mudar as músicas um pouco vocalmente, espero que vocês não se importem. Gostaríamos de continuar", concluiu, num show mais curto do que o normal.

Após a apresentação, um fã reclamou numa postagem de Richard Fortus, guitarrista do Guns N' Roses, sobre a rápida duração do show e a má qualidade do som. Em resposta, o músico contou que a banda quase havia cancelado as apresentações na Inglaterra devido à condição de Rose. "Axl estava realmente lutando. Ele danificou suas cordas vocais. Lamento saber que você ficou desapontado. Ele realmente não queria cancelar", escreveu Fortus.

Os anos de excesso e também a alta exigência vocal presente nos hits da banda são alguns dos principais motivos para as dificuldades passadas por Axl. Os fãs da banda, no entanto, seguem apoiando o ídolo e marcando presença em cada passagem da mesma pelo Brasil.

Nesta quinta-feira, o Guns subiu ao palco dentro da hora, uma raridade no histórico da banda, especialmente no Rock in Rio, onde já chegou a registrar atrasos de 2 horas e quarenta minutos, o que levou a banda a ser banida do evento por Roberto Medina, em 2011. O idealizador do RIR, no entanto, acabou voltando atrás e já convocou o grupo duas vezes depois disso.

Confira algumas reações da internet: