Grupo City faz oferta de R$1 bilhão por 90% da SAF do Bahia

SÃO PAULO (Reuters) - O City Football Group, proprietário do Manchester City, fez uma oferta de 1 bilhão de reais por 90% da SAF do Esporte Clube Bahia, informou o clube nesta sexta-feira.

O negócio ocorre em um momento de investimentos no futebol brasileiro, após a aprovação de uma lei no ano passado que permitiu que os clubes busquem investimentos externos.

Clubes tradicionais do país foram comprados nos últimos meses, como o Cruzeiro, que teve uma participação de controle adquirida pelo ex-atacante Ronaldo, e o Botafogo, que recebeu investimento do empresário norte-americano John Textor.

A proposta pelo Bahia, que ainda precisa da aprovação dos sócios do clube, está bem acima dos 650 milhões de reais anunciados pelo presidente da Bahia, Guilherme Bellintani, à mídia local no início deste ano.

A proposta também inclui uma opção de compra de mais 5% da SAF do clube.

Se aceita, o Bahia, que atualmente está segunda divisão do Campeonato Brasileiro, se tornaria o décimo terceiro clube de propriedade do City Group.

(Reportagem de Peter Frontini)