Grêmio: Renato Gaúcho admite bom relacionamento com Roger Machado

Roger Machado foi desligado do Grêmio na semana passada (Foto: IMAGO / Fotoarena)


Na última semana, o Grêmio optou por mudar o seu comando técnico e anunciou a troca entre Roger Machado e Renato Gaúcho, decisão que surpreendeu muita gente, inclusive o torcedor.

>>> VEJA A TABELA DA SÉRIE B

Nesta segunda-feira, o comandante foi apresentado ao CT Luiz Carvalho e garantiu que, apesar de ter uma boa relação com o ex-treinador do time, não vai ligar para pegar dicas e informações do elenco.

- Me dou super bem com o Roger, estava fazendo um bom trabalho. Os resultados não estavam aparecendo, mas faz parte da vida do Roger ou da minha, sempre é o treinador que passa o pato. Eu estava acompanhando, conheço tudo, agora é diferente, não (vou ligar). Vou pegar as coisas boas que o Roger deixou. Quando falo da entrega, é da maneira que gosto de trabalhar. Vou cobrar sempre do grupo em qualquer clube. Jogador ganha bem para trabalhar. O cara que é bom tecnicamente, se não estiver bem, não pode deixar de correr. Ele é pago para isso. Eu cobro bastante do grupo. A entrega pode começar a cobrar. Sempre vou estar no campo, treiná-los para desempenhar o papel – disse Renato Gaúcho.

Polêmica
Apesar do clima amistoso na coletiva, a saída de Roger Machado pegou até mesmo o treinador de surpresa. Após dar o treino e relacionar os atletas para encarar o Vila Nova-GO, ele foi desligado do cargo.

Na coletiva pós-demissão, o presidente Romildo Bolzan afirmou que iria conversar mais para frente com Roger Machado e explicar os motivos da sua saída.