Grêmio falha na defesa e leva metade dos gols da Série B em um mês

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Em cinco jogos, o Grêmio sofreu o mesmo número de gols que havia levado nas 21 partidas anteriores da Série B do Campeonato Brasileiro. A estatística ajuda a explicar o momento do time na temporada, com um quê de crise, mesmo estando no G4 há 14 rodadas e com probabilidade de acesso à elite superior a 93%.

O Grêmio volta a campo diante do Criciúma, nesta terça-feira (30), no estádio Heriberto Hulse. Na sexta-feira (2), o time gaúcho recebe o Vila Nova em duelo da 28ª rodada da Série B.

Até a 21ª rodada o Grêmio tinha sofrido somente sete gols na Série B. Nos cinco jogos mais recentes, o time de Roger Machado levou outros sete gols. Antes melhor defesa, o Grêmio agora divide o status com outros times. O fato se soma a sequência de três rodadas sem vitória e devolve pressão e instabilidade ao clube.

O Grêmio sofreu gols até quando venceu, nas rodadas mais recentes. Foi assim ao bater o Guarani, em Campinas, pelo placar de 2 a 1. Depois, a goleada por 5 a 1 diante do Operário. Na sequência, o revés por 2 a 0 para o CRB, empate em 2 a 2 com o Cruzeiro e, na última sexta-feira (26), a derrota para o Ituano em plena Arena do Grêmio por 1 a 0.

A defesa se tornou um pilar da campanha na Série B. Durante a sequência de 17 partidas sem perder, empates sem gols ajudaram a dar tranquilidade para o time e comissão técnica.

O discurso de Roger Machado, desde o início do campeonato, sempre indicou prioridade à organização defensiva e, depois, repertório ofensivo para o time.

Nos bastidores do Grêmio, a instabilidade atual é tratada também como reflexo dos recentes problemas defensivos. Especialmente em bolas paradas e jogadas aéreas.

Diante do Ituano, o gol do jogo saiu em escanteio.

Nesta terça, um provável Grêmio tem: Brenno; Rodrigo Ferreira (Edilson), Geromel, Natã e Nicolas; Villasanti, Bitello, Lucas Leiva (Thaciano); Campaz, Guilherme e Diego Souza.

Estádio: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (30)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Transmissão: Premiere