Grêmio acaba com jejum de vitórias, bate o Vila Nova e se consolida no G4 da Série B


Em uma semana movimentada, com a direção anunciando o retorno de Renato Gaúcho após a demissão de Roger Machado, o Grêmio venceu o Vila Nova por 2 a 1 pela 28ª rodada e acabou com um jejum de quatro jogos sem vitórias pela Série B do Brasileiro, nesta sexta-feira. Biel e Thaciano marcaram para o Imortal na Arena, enquanto Matheuzinho descontou para os visitantes.

+ Veja a tabela da Série B e simule os resultados dos jogos

Com o resultado, o Tricolor reassumiu o 3º lugar na classificação, somando agora 47 pontos, enquanto o time goiano, por conta do novo tropeço, manteve-se na 17ª colocação com seus 28 pontos somados.

Grêmio x Vila Nova
Grêmio x Vila Nova

Biel abriu o plcar para o Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

GRÊMIO ABRE A CONTAGEM LOGO NO INÍCIO

Entendendo a necessidade de uma vitória para se consolidar no G4 da competição, o Grêmio tinha pela frente o Vila Nova, que por sua vez, vive um momento bastante delicado na classificação, lutando contra o rebaixamento. Ainda sem Renato à beira do gramado, os auxiliares se comunicavam à distância com o novo treinador que se encontra no Rio de Janeiro. Porém, o Imortal não demorou muito tempo para mostrar sua força inaugurando o marcador. Aos 2 minutos, após cruzamento de Diogo Barbosa pela esquerda, a defesa do Tigre afastou mal sobrando para Biel, que ao limpar a marcação mandou para o fundo das redes.

Na sequência, o time goiano tentava se aventurar em seu campo de ataque buscando um empate ainda na etapa inicial. Porém, nas poucas oportunidades que tive, em nenhuma ofereceu perigo ao goleiro Brenno, que se mantinha tranquilo atrás.

TRICOLOR TENTA AMPLIAR VANTAGEM

Tentando aproveitar o embalo pelo gol marcado, os donos da casa não estavam satisfeitos com 1 a 0 parcial. Com isso, apesar de conseguir chegar com certa facilidade em seu campo de ataque, pouco teve criatividade nas jogadas, gerando uma certa insatisfação por parte da torcida que chegou a perder a paciência com os jogadores, entre eles Campaz, por conta de seus erros de passes, mantendo o marcador sem alterações.

GRÊMIO FAZ O SEGUNDO

No retorno das equipes para a etapa complementar, apenas Cesar Lopes promoveu uma troca colocando Rodrigo Ferreira no lugar de Edilson. Com isso, até meados dos 15 minutos, o Grêmio pressionava o time goiano, que pouco conseguia ficar com a posse de bola, fazendo com que Allan Aal promovesse sua primeira substituição tirando Jean para colocar Matheuzinho.

Por outro lado, outra vez o Imortal voltou a fazer uma troca, desta vez apostando em Thaciano no lugar de Biel, que acabou sentindo em um lance. E o meia, logo em sua primeira jogada, mostrou que tem estrela. Aproveitando cruzamento de Diogo Barbosa, mandou de cabeça no ângulo. Porém, o juiz acabou indo ao VAR após o tento, analisando um possível pênalti para o Tigre na origem da jogada, mas que nada foi marcado mantendo o gol.

VILA ESBOÇA REAÇÃO, MAS SEM SUCESSO

Até que aos 32, Matheuzinho colocou fogo no jogo. Após pegar rebote de Brenno no chute de Dentinho, o meia bateu forte para descontar no marcador fazendo 2 a 1.

Com o tempo correndo, os dois técnicos então optaram por novas mudanças visando a reta final. Ganhando em emoção, o jogo passou a ficar disputado até os acréscimos com o Grêmio segurando o resultado, vendo Railan desperdiçar a última chance no duelo, dando a deixa para Savio Pereira Sampaio apitar o fim de jogo na Arena com vitória do clube gaúcho.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 2x1 Vila Nova


Data e horário: 02/09/2022 - 21h30 (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Lehi Sousa Silva (DF)
VAR: Wagner Reway (PB)

Gols: Biel, 2'/1ºT (1-0); Thaciano, 17'/2ºT (2-0); Matheuzinho, 32'/2ºT (2-1)

GRÊMIO: Brenno; Edilson (Rodrigo Ferreira, no intervalo), Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Bitello (Thiago Santos, aos 35'/2ºT) e Campaz (Lucas Leiva, aos 35'/2ºT); Biel (Thaciano, aos 12'/2ºT), Diego Souza (Elkeson, aos 43'/2ºT) e Guilherme. (Técnico: Cesar Lopes)

VILA NOVA: Tony; Alex Silva, Alisson Cassiano, Rafael Donato e Willian Formiga (Railan, aos 36'/2ºT); Jean (Matheuzinho, aos 11'/2ºT), Sousa (Romário, aos 36'/2ºT) e Artur Rezende; Kaio Nunes (Hugo Cabral, aos 38'/2ºT), Daniel Amorim (Rubens, aos 38'/2ºT) e Dentinho. (Técnico: Allan Aal)