Goiás se retrata sobre torcedor que citou a tragédia do Ninho para ofender a torcida do Flamengo

Goiás e Flamengo empataram pelo Brasileirão no último domingo (Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo)


Após o empate em 1 a 1 entre Goiás e Flamengo, em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, os torcedores, em suas redes sociais, discutiram sobre vários aspectos da partida.

+ VARmengo? Rivais fazem memes após gol polêmico do Flamengo contra o Goiás

Contudo, uma forte polêmica se criou quando um torcedor esmeraldino ofendeu torcedores do Flamengo citando, diversas vezes, a tragédia no Ninho do Urubu, ocorrida em fevereiro de 2019, quando dez meninos da base do Flamengo faleceram em um incêndio. A polêmica aconteceu no Twitter.

+ Locutor do estádio da Serrinha 'expulsa' jogadores do Flamengo após jogo do Brasileirão

Rapidamente, os comentários foram divulgados entre os rubro-negros, que se sentiram muito ofendidos. E a polêmica cresceu: criou-se uma dúvida sobre se esse torcedor, com o nome 'Paiero Esmeraldino' nas redes sociais, era funcionário ou não do clube.

Isso se deu porque o torcedor, na sua biografia do Twitter, tinha escrito que era assessor de marketing do Goiás. Porém, ontem (12), o clube divulgou nota oficial sobre a sua relação com o torcedor:

- O Goiás Esporte Clube comunica que Emanuel Costa não possui e nunca possuiu qualquer vínculo empregatício com o clube. - retratou o clube.

Diante das repercussão muito negativa sobre os seus comentários, o torcedor trancou a conta e, posteriormente, excluiu as suas redes sociais.