Globo corta 10 funcionários da lista para cobertura da Copa do Mundo

Globo não conseguiu a contratação de jornalista da ESPN (Reprodução)


Detentora dos direitos de transmissão da Copa do Mundo, a Globo cortou alguns funcionários que estavam listados para viajar ao Qatar para a cobertura do torneio. De acordo com o portal 'Notícias da TV', 10 profissionais não irão mais para o país do Oriente Médio. Agora, o número caiu de 80 para 70 funcionários.

+ Karoline Lima se pronuncia após posar ao lado de Luva de Pedreiro

O motivo do corte de pessoal é devido ao corte de custos da empresa. A previsão da Globo era enviar 100 profissionais ao Qatar, mas em abril, o número já havia caído para 80, e agora, para 70. Serão 40 profissionais do Rio de Janeiro, 22 de São Paulo, três de Minas Gerais e um de Recife.

+ Neto critica fala de Vítor Pereira, detona jogadores do Corinthians e dispara: 'Palmeiras não deu um chute'

Com a passagem de ida e volta para o Qatar orçada em cerca de 10 mil reais, a Globo ainda teria que gastar com alimentação, transporte, hospedagem e outros custos para os funcionários. A fins de comparação, há quatro anos, a Globo levou 197 funcionários para a cobertura da Copa do Mundo da Rússia.

+ Antonio Conte provoca Thomas Tuchel após briga no jogo entre Chelsea e Tottenham

A Copa do Mundo começa no dia 20 de novembro e se encerra no dia 19 de dezembro. No Grupo G, o Brasil vai enfrentar Suíça, Camarões e Sérvia. A estreia da Seleção ocorre no dia 24 de novembro, contra os sérvios.