Gel-Lyte III CM 1.95, tênis mais leve em emissão de CO2, é lançado pela Asics

Gel-Lyte III CM 1.95 , o tênis sustentável da Asics. (Divulgação)


A Asics apresentou nesta quinta-feira (15) um tênis sustentável que promete ser um marco significativo na história da empresa e da indústria global de calçados. Após uma década de pesquisas, a marca apresenta o Gel-Lyte III CM 1.95, o mais leve em emissão de CO2 já produzido. Este novo tênis gera somente 1,95kg de gás carbônico em todo o seu ciclo de vida, quantidade significativamente menor do que similares existentes no mercado.

O Gel-Lyte III CM 1.95 simboliza mais um passo importante da Asics para cumprir seu compromisso de zerar as emissões de gás carbônico até 2050. Este modelo é resultado de mais de dez anos de estudos realizados pela marca em parceria com a Massachusetts Institute of Technology (MIT), uma das mais renomadas universidades do planeta. A empresa japonesa aliou-se à instituição norte-americana em 2010 com o objetivo de medir com precisão todo o impacto do CO2 no ciclo de vida de um produto.

Os estudos levaram a Asics a qualificar ainda mais os quatro estágios deste ciclo (produção, transporte, uso, e descarte), que fizeram a empresa emitir somente 1,95kg de CO2 em todo este processo. A marca conseguiu alcançar novos níveis de sustentabilidade e, ao mesmo tempo, obteve sucesso em manter a qualidade do Gel-Lyte III CM 1.95.

A série de inovações tecnológicas empregadas neste novo tênis passa por diversos detalhes. Um deles é a nova espuma “carbono negativo”, utilizada na confecção da palmilha e da entressola. O material foi elaborado com uma fusão de polímeros de base biológica, derivados em parte da cana-de-açúcar. Esta combinação proporcionou ao Gel-Lyte III CM 1.95 um alto nível de conforto e qualidade em sua elaboração.

Outro componente importante no modelo está no uso de poliéster reciclado no tecido do cabedal e também na palmilha, o que reflete outra das metas de sustentabilidade da Asics, que é a utilização 100% de poliéster de fontes recicláveis até 2030. A construção do Gel-Lyte III CM 1.95 possui também uma nova estrutura com o emprego de fitas que proporcionam um menor uso de materiais, além do gasto de energia totalmente renovável durante o processo de fabricação.

“A Asics baseia-se na crença da poderosa ligação entre o esporte e a mente. É por isso que estamos tão empenhados em fazer a nossa parte para garantir a viabilidade a longo prazo do nosso planeta. Dessa forma, podemos garantir que as gerações futuras possam continuar a experimentar o impacto edificante do esporte na mente. Afinal, para alcançar uma mente sã em um corpo são, você precisa de uma terra sã para seguir em frente. A estrada à frente pode ser longa, mas o Gel-Lyte III CM 1.95 é a nossa mais recente declaração de intenções nesta jornada. Espero que tudo isso possa ajudar a inspirar mudanças positivas reais na indústria do esporte no caminho para alcançarmos emissões zero de gás carbônico até 2050”, conta Yasuhito Hirota, CEO da Asics.