Ganso avalia ano pelo Fluminense e ainda acredita em Seleção Brasileira

Ganso se destaca pelo Fluminense em 2022 (FOTO: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)


Paulo Henrique Ganso é um dos nomes destaques do Fluminense nesta temporada. Em 2022, o meia já atuou 47 partidas, com oito gols marcados e oito assistências pelo Tricolor. Em entrevista ao "ge", o camisa 10 avaliou o seu momento atual no clube e também falou sobre vestir a camisa da Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo.

– Não tão bom como está sendo, mas eu já (projetava)... No começo do ano, me perguntaram como seria 2022, e eu falei assim: "Tem tudo para ser uma grande temporada, uma boa temporada". E está sendo muito melhor do que eu imaginei – disse antes de complementar.

– O jeito de jogar do Diniz me dá um pouco mais de liberdade. Não só para mim, para todo mundo. Isso faz com que a gente esteja sempre com a bola, sempre presente em todos os lugares do campo. Com isso, fica mais prazeroso jogar futebol. Estar a todo momento com a bola no pé fica muito melhor – completou.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

Ganso ainda relembrou da vez que ficou de fora da convocação para Copa de 2010, na África do Sul. Contudo, mesmo com 32 anos de idade, o camisa 10 do Fluminense ainda se vê esperançoso em vestir a camisa da Seleção Brasileira.

– É, mas cara... É decisão, é difícil falar: "Pô, eu queria estar lá". Queria estar lá? Óbvio que queria. Mas é difícil, o Dunga vinha há quatro anos ganhando tudo o que disputou, praticamente já vinha com o elenco fechado ali, com os 23 convocados fechados. Então é difícil falar. Tinham seis meses, surgiu essa dupla e “tem que levar”. É difícil também para ele, né? Um cara que vinha ganhando tudo – disse

– Ah, pô, seria legal. Seria bom. Seria muito bom se eu pudesse jogar uma Copa. Vamos ver. Quem sabe... Tenho 32 anos, estou novo. Tem mais tempo ainda aí. Tem bastante tempo ainda – pontuou.