Gabriel Medina machuca joelho e é eliminado de etapa do Rio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tricampeão mundial, Gabriel Medina se lesionou ao tentar um aéreo e foi atendido após sua bateria.
Tricampeão mundial, Gabriel Medina se lesionou ao tentar um aéreo e foi atendido após sua bateria. Foto: (Buda Mendes/Getty Images)

Tricampeão mundial de surfe, o paulista Gabriel Medina não teve o desempenho que esperava na etapa de Saquarema do Circuito Mundial de Surfe nesta sexta-feira. Na repescagem, por não ter se classificado em primeiro lugar na bateria da primeira fase, o brasileiro enfrentou o australiano Callum Robson e foi eliminado na segunda fase, o que lhe tirou as chances de levantar o troféu em terras brasileiras.

O pior, porém, não foi a eliminação. Gabriel Medina deixou a água se queixando de dores no joelho e teve de ser atendido pela equipe responsável pelo departamento médico da WSL, que tem uma área própria para os cuidados com a saúde dos atletas na própria praia de Itaúna, em Saquarema. De acordo com Allan Menache, preparador físico do astro brasileiro, Medina está bem e passará por exames de ressonância magnética para confirmar que não houve nenhuma lesão séria em seu joelho direito: "Ele está bem, tranquilo. A princípio não é nada grave. O médico do evento mexeu no joelho, que está estável, o ligamento íntegro, e pediu exames de ressonância".

Leia também:

Medina fez um post nas redes sociais após a eliminação, lamentando o resultado, explicando a lesão e agradecendo o apoio da torcida presente em Saquarema.

"Infelizmente não foi o resultado que eu queria, mas é isso, seguimos! No meu segundo aéreo bati com o joelho na prancha, e fiquei surfando com dor. Enfim, depois de testes aparenta estar tudo bem, amanha devo fazer ressonância, mas estou bem, galera!", afirmou o surfista. "Quero agradecer a torcida, vocês foram incríveis, muito bom me sentir amado e o carinho de todos. Obrigado mesmo, voltarei mais forte! Amo vcs. O Brasil é foda. Tenho muito orgulho de representar essa bandeira!".

Chances de título mundial diminuem muito, mas existem

A precoce eliminação de Gabriel Medina faz com que seja quase (mas não) impossível que ele consiga a classificação para o WSL Finals, etapa do circuito mundial onde os 5 melhores colocados durante a temporada regular disputam pelo troféu de melhor surfista do ano. Com apenas mais duas etapas a serem competidas, na África do Sul e no Taiti, Medina teria de vencer as duas e, além disso, torcer para que os adversários que estão à sua frente na tabela de classificação sejam eliminados nas primeiras fases das duas competições.

Oito brasileiros seguem vivos em Saquarema

Apesar das eliminações de Gabriel Medina, João 'Chumbinho' Chianca e Jadson André, grandes nomes do Brasil têm chance de título na etapa brasileira do circuito mundial. Nas oitavas de final, Matheus Herdy encara Jack Robinson, Caio Ibelli encara o também brasileiro Samuel Pupo, Italo Ferreira surfa contra o brasileiro Michael Rodrigues, Miguel Pupo entra na água contra Nat Young, Filipe Toledo, líder do circuito mundial, busca manter o título de Saquarema contra Miguel Tudela e Yago Dora, último brasileiro a surfar nas oitavas, encara Ethan Ewing.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos