Gabriel Medina e o milagre para o quarto título mundial

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Medina deve ficar fora do mar por mais algumas semanas (Foto: Daniel Smorigo/WSL)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A WSL confirmou, na manhã deste sábado (25), o day off para o 3º dia de competições. O mar foi considerado inconstante pela entrada de um vento que não favorece as ondas na Praia de Itaúna, em Saquarema, no Rio de Janeiro. Com a folga, o que mais se ouve na praia é sobre a eliminação precoce do tricampeão mundial Gabriel Medina.

O surfista paulista perdeu para Ethan Ewing no primeiro round e depois caiu para o australiano Callum Robson, ficando assim na 17° colocação geral do evento. A pergunta agora é: Medina ainda tem chances de título mundial? Fizemos as contas e há uma chance bem remota. Mas primeiro, vamos entender como funciona a pontuação
e a classificação para o The Finals, que acontece em setembro em Lower Trestles, na Califórnia, nos EUA.

+ Confira imagens da Etapa da Saquarema do Mundial de Surfe


Os cinco primeiros colocados do ranking geral disputam o título mundial. Atualmente os classificados seriam: Filipe Toledo, com 40.040, em 1°; Jack Robinson, com 36.905, em 2°; Griffin Colapinto, com 32.150, em 3°; Ítalo Ferreira, com 28.300, em 4°, e Ethan Ewing, que com o resultado do momento fecha o top 5, com 30.970. Destes citados, apenas Colapinto já deu adeus à competição em Saquarema.

Com a eliminação, Gabriel ficou na 17° colocação no evento, ganhou 1.330 pontos no ranking geral e continua no 23° lugar com 14.560 pontos.

TEMPORADA DE MEDINA

Gabriel Medina ficou oito meses fora das competições para cuidar da sua mente. O atleta olímpico alegou que precisava se afastar para cuidar da sua saúde mental. Brigas com familiares e o término do relacionamento com a modelo Yasmin Brunet o afetaram no fim de 2021. Segundo o próprio Medina, ele foi campeão mundial se sentindo pressionado e triste.

Em janeiro deste ano, Medina anunciou em uma rede social que
pararia e explicou o motivo.

- Tenho questões emocionais que estou precisando lidar. Venho de meses muito desgastantes. Reconhecer e admitir para mim mesmo que não estou bem vem sendo um processo muito difícil, e optar por tirar um tempo para me cuidar foi talvez a decisão mais difícil que já tomei em toda a minha vida – relevou à época.

+ Gui Santos é escolhido pelos Warriors: veja brasileiros que já foram selecionados no Draft da NBA

Contando o fim de setembro, onde se sagrou campeão mundial pela terceira vez, e a volta as competições em maio de 2022, o paulista ficou fora por oito meses.

Gabriel voltou a competir em G-Land, na Indonésia, por meio de um wildcard (convite) da WSL e de quebra já conseguiu um 3° lugar. Esse resultado fez gerar uma expectativa na torcida de que daria tempo do tetra campeonato. No mês seguinte, em El Salvador, Medina continuou apresentando o melhor rendimento e, mais uma vez, subiu ao pódio, ficando na 3° colocação no país da América Central. Esses resultados estavam o credenciando para uma arrancada direto para as finais em setembro.

Mas em terras brasileiras ele não conseguiu manter o nível, performou abaixo do esperado e foi eliminado de forma precoce. Na derradeira bateria onde foi confirmada a eliminação, o surfista saiu da água mancando e foi atendido pelo médico do evento. Um exame de ressonância não está descartado e, caso haja a confirmação de lesão, esse seria o motivo por trás do rendimento ruim.

CENÁRIO ATUAL


Levando em consideração que o 1° lugar ganha 10.000 pontos, o 2°, 8.000, o 3°, 6.500 pontos, o 5° lugar, 4.745 pontos, o 9° lugar, 3.320 pontos, e o 17° lugar, 1.330 pontos, se Medina vencer as duas próximas etapas chegaria aos 34.560.

Toledo e Robinson não podem ser alcançados por ele em pontos. Griffin iniciou a etapa com 32.150 pontos e, como já foi eliminado, somou 1.330 pontos, finalizando nos 33.480 pontos. Mesmo se o americano ficar em 17° lugar nas próximas duas etapas, ele soma mais 2.660 pontos ficando com 36.140 pontos e também não pode ser superado pelo Medina.

O medalhista olímpico Ítalo Ferreira começou a 8° etapa do tour com 28.300 pontos e segue na disputa em terras saquaremenses. Ítalo, caindo nesse round, soma 3.320 pontos e finalizaria a etapa com 31.620 pontos. Ficando em 17° nas duas etapas restantes, o potiguar somaria 2.660 pontos ficando com 34.280, podendo ainda ficar atrás do Medina. Se Ferreira avançar mais uma fase nos mares da Região dos Lagos, vai para 35.705, não podendo ser alcançado e eliminando de vez o Gabriel.

Ethan Ewing começou a etapa com 27.650 pontos e segue no round dos 16 melhores. Perdendo nas oitavas de final, o americano adicionaria mais 3.320 pontos, finalizando o evento com 30.970 no ranking. Ewing caindo logo no início das duas próximas etapas
soma mais 2.660 pontos ficando com 33.630 pontos, podendo ainda ficar atrás de Medina. Basta a Ethan passar mais uma bateria para que não seja mais superado por Medina, indo a 35.055.

RESUMO

Ítalo Ferreira e Ethan Ewing avançando de fase já eliminam de vez Gabriel Medina. A classificação para as finais virou um verdadeiro milagre para o tricampeão mundial. Callum Robson também pode acabar com as chances do Medina, basta o australiano vencer em Saquarema para isso acontecer. Tarefa quase impossível para
Gabriel.

Para Madson Lima, especialista em surfe que atualmente reside em Portugal, não há mais chances de classificação para o brasileiro, apesar de ainda matematicamente possível.

- Na minha opinião não dá mais para o Gabriel. Pelo resultado que fez em Saquarema, não há mais chances para ele. Se ele fosse mais longe na etapa, chegando em uma final ou ganhando o evento, ele ganharia 10 mil pontos. Então, faltando mais duas etapas, ele chegaria bem perto. Mas tem apenas mais duas etapas, e ele tem 14 mil pontos. Vai ter que surfar por ele, ganhar os eventos e ainda torcer para outros não somarem. Sem chance nenhuma - disse.

*Lucas D'Assumpção - em colaboração para o LANCE!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos