Futebol do Reino Unido recebe críticas por jogos cancelados após morte da rainha

LONDRES (Reuters) - O futebol britânico recebeu críticas por conta da decisão de adiar a rodada de partidas deste fim de semana após a morte da rainha Elizabeth, com torcedores questionando a medida, em contraste com outros órgãos esportivos que optaram por deixar os jogos seguirem.

A rainha, monarca com o reinado mais longo do Reino Unido, morreu na Escócia na quinta-feira aos 96 anos, levando a Premier League e a Liga Inglesa de Futebol a adiarem a próxima rodada como um sinal de respeito.

Os jogos de futebol na Irlanda do Norte neste fim de semana também foram adiados, enquanto a Associação de Futebol do País de Gales adiou os jogos de 9 a 12 de setembro. Jogos profissionais no futebol escocês também foram cancelados.

A Football Supporters' Association (FSA), que é o órgão representativo dos torcedores de futebol na Inglaterra e no País de Gales, disse que o cancelamento dos jogos foi uma oportunidade perdida para os torcedores prestarem seu respeito.

"Acreditamos que o futebol está no seu melhor quando reúne as pessoas em momentos de grande importância nacional - sejam momentos de alegria ou momentos de luto", disse a FSA.

(Reportagem de Hugh Lawson em Londres, Hritika Sharma e Manasi Pathak em Bengaluru)

(Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695); REUTERS BC)