Torcida do Cruzeiro faz protesto

Aproximadamente 200 torcedores compareceram neste sábado na Toca da Raposa II para protestar contra a situação do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro

A manifestação foi organizada pela maior torcida organizada da Raposa, três ônibus – saindo do Barreiro, Eldorado e Centro - foram alugados para levar os manifestantes até o centro de treinamento celeste

A manifestação foi organizada pela maior torcida organizada da Raposa, três ônibus – saindo do Barreiro, Eldorado e Centro - foram alugados para levar os manifestantes até o centro de treinamento celeste

A manifestação foi organizada pela maior torcida organizada da Raposa, três ônibus – saindo do Barreiro, Eldorado e Centro - foram alugados para levar os manifestantes até o centro de treinamento celeste

Os gritos de insatisfação dos torcedores eram direcionados, principalmente, ao presidente Zezé Perrella

Os jogadores não foram poupados e os pedidos de raça eram insistentemente ouvidos. Alguns cânticos avisavam que o "pau ia quebrar" se o Cruzeiro for rebaixado

Contudo, o treino cruzeirense foi realizado no campo mais distante de onde ocorreu o protesto. Os gritos, durante a atividade comandada por Emerson Ávila, não foram ouvidos pelos jogadores.

A polícia respondeu com bombas de gás lacrimogêneo

A polícia respondeu com bombas de gás lacrimogêneo