Top 5: Finais marcantes Brasil x Argentina na Libertadores

Com a decisão entre Corinthians e Boca, relembramos as cinco finais mais emocionantes entre brasileiros e argentinos na Libertadores. Os dois países já decidiram a competição 12 vezes.

Em 1963, o Santos de Pelé venceu o Boca Juniors por 3 a 2 no Maracanã e depois venceu na Bombonera por 2 a 1 de virada, com um gol do Rei a poucos minutos do fim. Foto: GazetaPress

Em 1992, o São Paulo, que já havia perdido uma final para argentinos em 1974, para o Independiente, conquistou sua primeira Libertadores sobre o Newell's Old Boys. No entanto, o jogo foi um teste para cardíacos. Após perder por 1 a 0 na Argentina, o Tricolor devolveu o placar no Morumbi com um gol de Raí. A conquista veio com um 3 a 2 nos pênaltis. Foto: GazetaPress

Em 1994, o Vélez Sarsfield bateu o São Paulo no Morumbi após vencer em casa por 1 a 0 e perder fora pelo mesmo placar. Nos pênaltis, a cobrança de Palhinha defendida por Chilavert será sempre uma lembrança para os são-paulinos. O tricampeonato ficou para 2005. Foto: GazetaPress

Em 2000, o Palmeiras estava próximo do bicampeonato após empatar em 2 a 2 com o Boca Juniors na Bombonera. Porém, os argentinos fizeram uma boa partida no Morumbi e os times empataram em 0 a 0. Nos pênaltis, o goleiro Córdoba defendeu as cobranças de Asprilla e Roque Júnior, dando ao Boca seu terceiro título da Libertadores depois de mais de 20 anos de seca. Foto: AP

Em 2009, o Cruzeiro estava com a mão na taça após empatar com o Estudiantes na Argentina. Porém, não esperava o bom jogo dos rivais comandados por Verón no Mineirão. A Raposa abriu o placar no segundo tempo, mas levou a virada. O Cruzeiro já havia vencido os argentinos do River Plate na final de 1976, mas perdeu a do ano seguinte para o Boca na disputa de pênaltis. Foto: AP