Seleções favoritas que decepcionaram na Copa do Mundo

Por Vítor Dalseno

A reviravolta no desempenho da Seleção Brasileira sob o comando de Tite animou os torcedores brasileiros, que, se antes tinham dúvidas em relação à classificação para a Copa do Mundo, agora apostam no hexa em 2018, na Rússia. Mas o favoritismo nem sempre se confirma dentro de campo, e seleções candidatas ao título muitas vezes decepcionam.


10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Argentina, 2002 – Assim como o Brasil de Tite, a Argentina passeou nas eliminatórias para a Copa de 2002, terminando com 12 pontos de vantagem sobre o Equador, segundo colocado. No Mundial, no entanto, o time do arrojado Marcelo Bielsa sequer passou da primeira fase. Com nomes como Zanetti, Sorín, Simeone, Verón e Batistuta, os hermanos venceram a Nigéria na estreia, mas depois perderam para a Inglaterra e empataram com a Suécia. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 1966 – Bicampeã mundial, a Seleção foi à Inglaterra em 1966 cercada de expectativas. Em campo, porém, viu-se um time desorganizado e mal preparado. Lesionado na estreia vitoriosa sobre a Bulgária, Pelé não jogou contra a Hungria, e o Brasil acabou derrotado. Para a partida decisiva, contra Portugal, as nove alterações promovidas pelo técnico Feola não surtiram efeito, a Seleção perdeu de novo e foi eliminada na primeira fase. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 2006 – Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Ronaldo e Adriano eram alguns dos astros daquele time, apontado por muitos como principal candidato ao título. Contudo, a preparação conturbada em Weggis, na Suíça, e o carrasco Zinedine Zidane, que comandou a França na vitória sobre o Brasil nas quartas de final, impediram a conquista do hexa na Alemanha. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Argentina, 2010 – Comandada pelo ídolo Maradona, a Argentina contava com Messi, que acabara de ganhar o primeiro dos cinco prêmios de melhor jogador do mundo pela Fifa. A euforia provocada pelo aproveitamento de 100% na primeira fase e a classificação fácil sobre o México nas oitavas de final foi desfeita pela Alemanha, que não tomou conhecimento dos argentinos e os goleou por 4 a 0 nas quartas. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 1982 – O escrete comandado por Telê Santana, que contava com Júnior, Falcão, Cerezo, Zico e Sócrates, é considerado um dos melhores times de todos os tempos apesar da eliminação no Mundial da Espanha. O futebol arte canarinho não foi páreo para a Itália de Paolo Rossi, autor dos três gols que decretaram a eliminação do Brasil na segunda fase da competição. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Espanha, 2014 – A exemplo da França, os espanhóis também protagonizaram um vexame no Mundial seguinte à conquista do título. No Brasil, a Espanha foi goleada pela Holanda (5 a 1) logo na estreia e perdeu para o Chile em seguida. Na última rodada, já sem chances de classificação, venceu a Austrália, resultado incapaz de amenizar a decepção dos torcedores. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Colômbia, 1994 – Aclamada como uma das melhores gerações do futebol colombiano, a seleção que disputou a Copa dos Estados Unidos fez muito menos do que era esperado. A decepcionante eliminação na primeira fase, depois de derrotas para Romênia e Estados Unidos e vitória sobre a Suíça, terminou de forma trágica: alguns dias após retornar à Colômbia, o zagueiro Andrés Escobar, autor de um gol contra diante dos anfitriões, foi morto a tiros por torcedores indignados. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

França, 2002 – A lesão de Zidane às vésperas da estreia abalou o ânimo dos franceses, mas poucos imaginavam um fracasso tão marcante no Mundial da Coreia do Sul e do Japão. Sem seu camisa 10, a França perdeu para Senegal no primeiro jogo e depois empatou com o Uruguai. Zizou jogou no sacrifício contra a Dinamarca, sem conseguir impedir a derrota e a eliminação da então campeã do mundo. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

França, 2010 – Técnico da França no vice mundial em 2006, Raymond Domenech perdeu completamente o comando sobre o elenco na Copa da África do Sul. O boicote dos jogadores a um treinamento e o corte de Anelka no meio da competição foram o ápice da crise que culminou na eliminação logo na primeira fase, após empate contra o Uruguai e derrotas para o México e os anfitriões. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Itália, 2010 – Outro exemplo de seleção campeã que, na edição seguinte da Copa, decepcionou. Em um grupo formado por Paraguai, Eslováquia e Nova Zelândia, os italianos tinham tudo para conseguir a classificação tranquilamente. A lesão de Buffon no empate da estreia, contra o Paraguai, e os problemas físicos de Pirlo determinaram a eliminação precoce da Azzurra, que ainda empatou com a Nova Zelândia e perdeu para a Eslováquia. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Argentina, 2002 – Assim como o Brasil de Tite, a Argentina passeou nas eliminatórias para a Copa de 2002, terminando com 12 pontos de vantagem sobre o Equador, segundo colocado. No Mundial, no entanto, o time do arrojado Marcelo Bielsa sequer passou da primeira fase. Com nomes como Zanetti, Sorín, Simeone, Verón e Batistuta, os hermanos venceram a Nigéria na estreia, mas depois perderam para a Inglaterra e empataram com a Suécia. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 1966 – Bicampeã mundial, a Seleção foi à Inglaterra em 1966 cercada de expectativas. Em campo, porém, viu-se um time desorganizado e mal preparado. Lesionado na estreia vitoriosa sobre a Bulgária, Pelé não jogou contra a Hungria, e o Brasil acabou derrotado. Para a partida decisiva, contra Portugal, as nove alterações promovidas pelo técnico Feola não surtiram efeito, a Seleção perdeu de novo e foi eliminada na primeira fase. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 2006 – Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Ronaldo e Adriano eram alguns dos astros daquele time, apontado por muitos como principal candidato ao título. Contudo, a preparação conturbada em Weggis, na Suíça, e o carrasco Zinedine Zidane, que comandou a França na vitória sobre o Brasil nas quartas de final, impediram a conquista do hexa na Alemanha. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Argentina, 2010 – Comandada pelo ídolo Maradona, a Argentina contava com Messi, que acabara de ganhar o primeiro dos cinco prêmios de melhor jogador do mundo pela Fifa. A euforia provocada pelo aproveitamento de 100% na primeira fase e a classificação fácil sobre o México nas oitavas de final foi desfeita pela Alemanha, que não tomou conhecimento dos argentinos e os goleou por 4 a 0 nas quartas. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Brasil, 1982 – O escrete comandado por Telê Santana, que contava com Júnior, Falcão, Cerezo, Zico e Sócrates, é considerado um dos melhores times de todos os tempos apesar da eliminação no Mundial da Espanha. O futebol arte canarinho não foi páreo para a Itália de Paolo Rossi, autor dos três gols que decretaram a eliminação do Brasil na segunda fase da competição. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Espanha, 2014 – A exemplo da França, os espanhóis também protagonizaram um vexame no Mundial seguinte à conquista do título. No Brasil, a Espanha foi goleada pela Holanda (5 a 1) logo na estreia e perdeu para o Chile em seguida. Na última rodada, já sem chances de classificação, venceu a Austrália, resultado incapaz de amenizar a decepção dos torcedores. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Colômbia, 1994 – Aclamada como uma das melhores gerações do futebol colombiano, a seleção que disputou a Copa dos Estados Unidos fez muito menos do que era esperado. A decepcionante eliminação na primeira fase, depois de derrotas para Romênia e Estados Unidos e vitória sobre a Suíça, terminou de forma trágica: alguns dias após retornar à Colômbia, o zagueiro Andrés Escobar, autor de um gol contra diante dos anfitriões, foi morto a tiros por torcedores indignados. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

França, 2002 – A lesão de Zidane às vésperas da estreia abalou o ânimo dos franceses, mas poucos imaginavam um fracasso tão marcante no Mundial da Coreia do Sul e do Japão. Sem seu camisa 10, a França perdeu para Senegal no primeiro jogo e depois empatou com o Uruguai. Zizou jogou no sacrifício contra a Dinamarca, sem conseguir impedir a derrota e a eliminação da então campeã do mundo. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

França, 2010 – Técnico da França no vice mundial em 2006, Raymond Domenech perdeu completamente o comando sobre o elenco na Copa da África do Sul. O boicote dos jogadores a um treinamento e o corte de Anelka no meio da competição foram o ápice da crise que culminou na eliminação logo na primeira fase, após empate contra o Uruguai e derrotas para o México e os anfitriões. (Foto: Getty Images)

10 seleções que chegaram à Copa do Mundo como favoritas mas decepcionaram

Itália, 2010 – Outro exemplo de seleção campeã que, na edição seguinte da Copa, decepcionou. Em um grupo formado por Paraguai, Eslováquia e Nova Zelândia, os italianos tinham tudo para conseguir a classificação tranquilamente. A lesão de Buffon no empate da estreia, contra o Paraguai, e os problemas físicos de Pirlo determinaram a eliminação precoce da Azzurra, que ainda empatou com a Nova Zelândia e perdeu para a Eslováquia. (Foto: Getty Images)