Jogadores com mais gols na história das maiores competições do mundo

Por Luiz Anversa (@luiz_anversa)

Grandes artilheiros sempre marcaram época no mundo da bola. O Yahoo Esportes separou uma lista com os 10 maiores artilheiros de algumas das principais competições mundiais.

 

Campeonato Brasileiro

Roberto Dinamite – Ninguém fez mais gols no Campeonato Brasileiro que uma das maiores lendas do Vasco. Foram 190 gols em 330 jogos. Jogou 20 anos pelo Clube da Colina, onda conquistou, cinco estaduais, um Brasileiro, entre outras taças. Foto: Acervo/Gazeta Press

Copa Libertadores

Alberto Spencer- O equatoriano balançou as redes na Libertadores nada menos que 54 vezes, quase 20 tentos a mais que o segundo colocado. Ficou 10 anos no Peñarol, onde marcou época na década de 60. Ganhou três Libertadores, dois Mundiais e sete Uruguaios. Spencer vestiu as camisas tanto do Equador quanto do Uruguai. Morreu em 2006 aos 68 anos. Foto: Divulgação/Peñarol

Copa América

Norberto Méndez e Zizinho – O argentino e o brasileiro são os maiores goleadores da história da Copa América, a mais antiga competição entre seleções ainda disputada (a primeira edição oficial aconteceu em 1916). Méndez (nome histórico de Huracán e Racing) anotou 17 gols em apenas três edições (todas na década de 40). Já o brasileiro (tido como o maior ídolo do Flamengo até Zico aparecer) precisou de seis participações para marcar a mesma quantidade de tentos. Foi eleito pela Fifa como o melhor jogador da Copa de 50. Na foto: Zizinho (e) aparece ao lado de Heleno (c) e Ademir (d). Foto: Gazeta Press

Eurocopa

Cristiano Ronaldo e Platini – O português igualou o francês na última edição da Eurocopa, em 2016, quando marcou seu nono tento na história da competição. CR7, porém, precisou de quatro edições para chegar a tal marca. Já o francês fez todos os gols em 1984 – um recorde absoluto. Na ocasião, os franceses, jogando em casa, ficaram com a taça. Em 2016, Portugal bateu a anfitriã França e ficou com o inédito título. Foto: AP

Liga dos Campeões da Europa

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi – Os dois maiores jogadores de futebol dos últimos tempos disputam cabeça a cabeça quem será o artilheiro da Liga dos Campeões da Europa. No momento, CR7 tem 95 gols, um a mais que o argentino. Mas o português entrou em campo mais vezes. Em número de títulos, Messi, por enquanto, leva a melhor: 4 a 3. Foto: AP

Campeonato Inglês

Jimmy Greaves – ninguém marcou mais no Campeonato Inglês (contando também o período pré-Premier League, antes de 1992) que esse atacante lendário do Tottenham Hotspur. Foram 357 tentos durante a carreira, que foi de 1957 a 1971. Por seis temporadas, foi o artilheiro do campeonato Inglês. É membro do Hall da Fama do futebol da terra da Rainha. Foto: Don Morley/Getty Images

Campeonato Espanhol

Lionel Messi – o argentino é o maior artilheiro do Campeonato Espanhol. Foram 339 gols até o momento. O segundo colocado, Cristiano Ronaldo, tem 279. Desde 2004, quando começou na equipe principal do clube catalão, foi campeão oito vezes do Espanhol. Isso sem contar as outras taças e os infinitos recordes… Foto: AP

Campeonato Italiano

Silvio Piola – campeão pela Itália em 1938, Piola foi considerado um dos atacantes mais habilidosos de sua geração. No Calcio, marcou 274 gols, sendo o artilheiro isolado da competição em todos os tempos. Marcou época no Pro Vercelli, Lazio e Novara – é o único atleta a ser o goleador máximo de três times diferentes na Itália. Membro do Hall da Fama do futebol italiano, morreu em 1996. Foto: Divulgação/FIGC

Campeonato Alemão

Gerd Muller – o lendário atacante alemão marcou incríveis 365 gols pelo Bayern de Munique entre 1965 e 1979 na Bundesliga. Ele é o 12º maior artilheiro da história do futebol mundial mesmo tendo feito menos jogos que todos aqueles que estão no Top 25. Com os bávaros, ganhou quatro campeonatos nacionais e três ligas dos campeões, entre outras façanhas. Foto:Werner OTTO/ullstein bild via Getty Images

Copa do Mundo

Miroslav Klose – o título de maior artilheiro da história das Copas do Mundo ficou com Gerd Muller por mais de 30 anos. Depois, em 2006, Ronaldo marcou seu 15º gol na competição e colocou seu nome no livro dos recordes. Porém, veio a fatídica edição de 2014 com o 7 a 1 e Miroslav Klose marcou o 16º gol em mundiais exatamente naquela semifinal. O polonês naturalizado alemão também é o maior artilheiro da Nationalelf – a seleção tetracampeã nunca perdeu uma partida quando Miro anotou um tento. Se aposentou dos gramados no ano passado. Foto: AP