Jogadores que podem se aposentar depois da Copa de 2018

Por Marina Galeano (@marina_galeano)

A Copa de 2018 pode marcar o adeus de Gianluigi Buffon dos gramados. Aos 39 anos, o lendário goleiro da Juventus e da Itália disse que as chances de se aposentar após o Mundial da Rússia são de 99,9%. Assim como ele, outros jogadores devem usar o torneio para despedidas –seja porque não irão mais defender suas respectivas seleções ou porque irão pendurar as chuteiras definitivamente. Confira a seguir.

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

RAFA MÁRQUEZ (México) Capitão da seleção do México, Rafael Márquez cogita encerrar a carreira de jogador após a Copa-2018. “Minha ideia é chegar à Copa do Mundo e talvez me aposentar a partir daí”, disse o zagueiro de 38 anos em entrevista recente. Desde 1996, ele é figura certa na seleção mexicana: disputou quatro Mundiais da Fifa (2002, 2006, 2010 e 2014) e marcou três gols. Depois de pendurar as chuteiras, Rafa Márquez planeja seguir no futebol como treinador ou em outra função administrativa. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

WESLEY SNEIJDER (Holanda) Figura emblemática da seleção da Holanda, Wesley Sneijder planeja fazer da Copa da Rússia sua despedida da Laranja Mecânica. Aos 33 anos, o meia do Galatasaray afirmou que o fim da carreira está próximo e que, para ele, 2018 será o último torneio com a camisa holandesa. A continuidade em algum outro clube da Europa dependerá de seu condicionamento físico. Terceiro colocado na Copa-2014, Sneijder já havia participado de outras duas edições do Mundial: 2006 e 2010. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

GIANLUIGI BUFFON (Itália) A aposentadoria de Gianluigi Buffon está praticamente confirmada para o término da próxima temporada. Em entrevista recente a um canal italiano, o goleiro da Juventus e da seleção afirmou que as chances de se despedir dos gramados após a Copa da Rússia são de 99,9%. A única situação que poderia fazê-lo mudar de ideia seria um título da Liga dos Campeões. Aí, ele pensaria em estender o contrato com a Juve até o final do ano para jogar o Mundial de Clubes. Caso a Itália confirme presença na Copa-2018, Buffon entrará para a história como o jogador que mais vezes disputou Mundiais. Até aqui, são cinco participações –o mesmo recorde do alemão Lothar Matthaeus e do mexicano Antonio Carbajal. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

GERARD PIQUÉ (Espanha) Após a vitória da Espanha por 2 a 0 sobre a Albânia, válida pelas Eliminatórias de 2018, em outubro do ano passado, Gerard Piqué anunciou uma decisão polêmica: avisou que o Mundial da Rússia marcaria sua aposentadoria da seleção espanhola. Campeão do mundo com a Fúria em 2010, na África do Sul, o badalado zagueiro do Barcelona se disse desapontado com a desconfiança e insatisfação de parte da torcida sobre seu desempenho na equipe nacional. Piqué afirmou ainda que era hora de dar lugar aos mais jovens. Resta saber se o jogador de 30 anos manterá a controversa decisão. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

VINCENT KOMPANY (Bélgica) O zagueiro do Manchester City deixou no ar uma possível aposentadoria da seleção da Bélgica após a Copa do Mundo de 2018. Depois de sofrer com lesões nos últimos anos, Kompany voltou com tudo ao time comandado por Pep Guardiola e agora quer concentrar seus esforços no Mundial. “A Copa de 2018 sempre foi uma grande motivação para mim, especialmente quando eu estava para baixo. Há grandes chances de que seja minha última temporada com a Bélgica”, afirmou o jogador de 31 anos em entrevista no início de junho. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

CLAUDIO BRAVO (Chile) Claudio Bravo é mais um jogador que pode encerrar a carreira na seleção após a Copa da Rússia. Aos 34 anos, o chileno acredita que é hora de dar espaço a novos talentos do país. “O desgaste é enorme para aqueles que estão há mais tempo na seleção. E tem a questão da idade também”, opinou o arqueiro do Manchester City, que marca presença na equipe nacional desde 2004, quando participou do torneio Pré-Olímpico e da Copa América. “Depois da Copa do Mundo, é preciso pensar na próxima geração. Mesclar os jovens com os mais experientes”, acrescentou Bravo durante entrevista no mês de março. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

PATRICE EVRA (França) Embora ainda não tenha falado publicamente sobre o assunto, Patrice Evra pode se despedir da seleção francesa após a Copa do Mundo-2018 –caso seja convocado. Aos 36 anos, será difícil para o lateral-esquerdo vestir a camisa da França outra vez em função da idade avançada. Atualmente no Olympique de Marseille, Evra já participou de duas Copas, a de 2010 e 2014. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

ARJEN ROBBEN (Holanda) Craque do Bayern de Munique e da Holanda, Arjen Robben pode estar perto de sua despedida dos gramados. Aos 33 anos, o atacante dá pistas de que já pensa em aposentadoria. “Estou me aproximando do fim da minha carreira, essa é a realidade”, disse em entrevista recente à revista Kicker. “Estou tranquilo, não me preocupo com o que vai acontecer em 2018. Estou focado no presente”, despistou o holandês, que renovou vínculo com Bayern por mais uma temporada. Talvez a última de uma vitoriosa trajetória. (AP Images)

10 JOGADORES QUE PODEM SE APOSENTAR DEPOIS DA COPA-2018

JERMAINE JONES (Estados Unidos) O volante Jermaine Jones pretende fazer da Copa-2018 sua despedida da seleção dos Estados Unidos. Aos 35 anos, o jogador participou de apenas uma edição do Mundial (em 2014) e marcou um gol. “Perdi 2010, perdi 2006. 2014 foi algo especial e quero representar meu país novamente. Depois disso, vou assistir a equipe nacional na TV, vou apoiá-los, mas não me verão mais com uma camisa da seleção”, afirmou Jones em um podcast da ESPN no último mês de abril. (AP Images)