Ex-jogadores que acham que seriam muito maiores hoje

Por Rodrigo Herrero (@rodrigoherrero)

O centroavante Túlio Maravilha, que garante ter feito 1000 gols na carreira, acredita que o futebol nos dias de hoje está muito fraco e afirma que faria mais gols hoje do que em sua época. Em uma entrevista recente, ele comentou que, ao lado de Neymar, teria feito 1500 gols. Esse debate sobre qual época se joga um melhor futebol costuma ser tema de muitos ex-jogadores, listados aqui neste especial do Yahoo!.

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Cafu – O pentacampeão brasileiro Cafu defende que a competitividade na época em que jogava era maior. Em entrevista a um jornal mexicano, o lateral-direito multicampeão em clubes brasileiros e europeus declarou que antigamente havia mais grandes equipes e ídolos nos clubes. “Havia cinco ídolos em cada clube, hoje dificilmente se consegue ter um por equipe”. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Cruyff – O craque holandês Johan Cruyff (1947-2016) foi um dos maiores jogadores da história do futebol, além de ter sido um técnico bastante vitorioso, tendo revolucionado o Barcelona nos anos 1990. Entre suas frases célebres, uma exemplifica o quanto ele se considerava melhor do que os que jogavam após ele ter parado: “Os jogadores de hoje só chutam com o peito do pé. Eu podia chutar com a parte interna, o peito e a parte externa dos pés. Em outras palavras, sou seis vezes melhor do que os jogadores de hoje”. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Edu – O atacante Edu, ídolo do Santos e campeão mundial com a Seleção em 1970 considera que o futebol atual é mais triste, muito inferior ao que ele e o Peixe faziam nos anos 1960. Em um bate-papo sobre futebol em uma universidade santista, o ex-jogador justificou sua opinião ao dizer que o futebol atual está muito mais voltado ao físico, quando a técnica deveria prevalecer. (Foto: Gazeta Press)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Naldinho – O ponta Naldinho, destaque no Bahia no fim dos anos 1980 e começo dos anos 1990, crê que se daria bem no meio dos grandalhões de hoje, mesmo com seus 1,58m de altura. Para ele, tem muito “perna de pau” que não mereceria estar jogando profissionalmente. Além disso, as condições antigamente eram muito piores, com campos ruins e falta de acompanhamento médico adequado. Naldinho afirma que “tudo hoje é mais fácil” e que há bem menos jogadores de técnica apurada, o que exigiria maior complexidade de jogadas. “O futebol brasileiro está ultrapassado”, sentencia. (Foto: Gazeta Press)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Carlos Alberto Torres – Capitão do tri, Carlos Alberto Torres (1944-2016) foi um dos símbolos da conquista no México em 1970 e é até hoje considerado um dos melhores laterais-direitos de toda a história. Uma frase dita por ele em 2003 mostra que ele considerava o futebol atual inferior ao praticado na época dele. “Eu tenho certeza que, se jogasse futebol hoje, ficaria bilionário. Sem falsa modéstia, ia ganhar muito dinheiro”. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Pelé – Pelé, o maior goleador de todos os tempos, também acredita que o futebol está muito mais fácil de jogar hoje do que em seu tempo. O craque do Santos e da Seleção Brasileira já disse mais de uma vez em entrevistas que os jogadores atualmente estão mais protegidos e que, por isso, ele teria melhores condições e faria mais gols. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Anelka – O atacante francês Nicolas Anelka não veio para Atlético-MG, mas disse que gostaria de ter jogado no PSG da temporada passada. O atleta aposentado acredita que poderia fazer muitos gols com aquela equipe. A declaração se deu após os 4 a 0 dos franceses sobre o Barcelona, pela ida das oitavas de final da Champions League, antes, porém, da virada catalã por 6 a 1 no jogo da volta. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Romário – Em entrevista recente, o craque Romário comentou que se o Neymar custou 820 milhões de reais ao Paris Saint-Germain, ele custaria hoje muito mais. Apesar da declaração, no mesmo bate-papo, o melhor jogador da Copa do Mundo de 1994 considera que o craque do PSG poderá superá-lo pelo tempo que ainda tem para jogar bola. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Bruno Conti – O meia campeão mundial com a Itália em 1982 critica o futebol muito tático de hoje e pouco técnico. Em entrevista a um jornal espanhol, Conti disse que há muito estudo e pouco incentivo a jogadas geniais e que, se antes a bola fazia parte até mesmo do aquecimento, hoje tudo é composto por folhas e lousas no vestiário, antes e depois das partidas, o que ele considera um exagero. (Foto: Getty Images)

10 ex-jogadores que pensam que seriam maiores no futebol atual

Rivaldo – Eleito principal jogador de futebol do mundo em 1999, Rivaldo já criticou o atual nível do futebol mundial. Uma certa vez, o campeão mundial de 2002 afirmou que se jogasse bola profissionalmente nos dias de hoje teria sido escolhido o melhor do planeta duas ou três vezes e passaria dos 50 gols por temporada. (Foto: Getty Images)