10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fase

Com o fim da “era Luis Enrique” no Barcelona, há a expectativa de que a equipe sofra algumas mudanças com a chegada de Ernesto Valverde, o novo comandante. Na lista abaixo, estão 10 jogadores em relação aos quais o Barcelona já demonstrou interesse e que, se chegassem, seriam bons nomes para reforçar o clube catalão nesse período.

Por Marina Garcia

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

10. Alexandre Lacazette – Artilheiro isolado do campeonato francês de 2014-15, quando foi a principal peça do Lyon para chegar ao vice-campeonato, Lacazette não demorou para se postar como uma das primeiras opções do Barcelona para ser um “curinga” do trio MSN. Ele teria usado, porém, justificativa semelhante à de Reus, dizendo que não teria espaço em um ataque dominado por “extraterrestres”. No início desse ano, contudo, o francês declarou ao site Goal que tinha a expectativa de respirar novos ares a partir da janela de transferências e que jogar no Barcelona seria um sonho realizado. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

9. Marco Reus – Após atuações de destaque com a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, Reus fez crescer os olhos de vários clubes europeus por seu futebol, entre eles, o Barcelona. Segundo o Mundo Deportivo, jogador e dirigentes blaugranas chegaram a ter contato, e Reus sairia por, no mínimo, 25 milhões de euros, à época. No entanto, ele recusou a proposta de esperar de 2015 a 2016 para ser contratado (à época, o Barcelona cumpria a punição de ficar um ano sem comprar jogadores, devido a irregularidades nas categorias de base) e teria dito não se considerar bom o suficiente para disputar espaço com atletas do calibre de Suárez, Messi e Neymar. Reus acabou ficando no Borussia Dortmund, clube que defendia desde 2012, e lá permanece até hoje. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

8. Mesut Özil – Diferentemente do que ocorreu com Gabriel Jesus, foi a ausência da manifestação de interesse por parte de Guardiola que motivou uma decisão de Özil após a Copa de 2010. À época, o clube do Camp Nou era comandado pelo treinador espanhol e havia entrado em contato com Özil para tentar fechar um acordo. O jogador estaria encantado com a possibilidade de defender o Barcelona, mas desanimou depois que, em suas palavras, Guardiola “não mostrou que o queria”. O alemão, então, transferiu-se para o Real Madrid e, em 2013, para o Arsenal, com uma cláusula em que os merengues teriam prioridade em uma eventual compra do atleta, condição que acabou criando um obstáculo para que Özil vestisse o uniforme azul-grená. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

7. Philippe Coutinho – Neymar disse que adoraria ter Coutinho como companheiro no Barcelona. Piqué declarou que as portas do Camp Nou estavam abertas para o meia. Ronaldinho Gaúcho admitiu saber que o Barcelona tinha grande admiração pelo futebol do brasileiro. O estilo de jogo de Coutinho no Liverpool e na Seleção teria encantado os dirigentes catalães e o fizeram ver no jogador um potencial substituto para Iniesta. Os rumores em torno de uma possível transferência se intensificaram de tal forma que o técnico dos Reds, Jürgen Klopp, veio a público no início do ano dizer que o meia não estava a venda. Alguns dias mais tarde, Coutinho renovou seu contrato com o clube de Anfield, frustrando as expectativas do Barça. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

6. Thiago Silva – “Se o Barcelona pagar a cláusula de Thiago Silva, eu pago a do Messi”, falou Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, ao site ActuSports, irritado com o pesado assédio do Barcelona sobre o zagueiro brasileiro em 2013. O xeque se negou a vender o zagueiro, que já teria dito, de acordo com o Mundo Deportivo, aprovar a troca de Paris por Barcelona. O interesse dos espanhóis vinha desde 2011, quando Thiago ainda defendia o Milan. Ainda que o atleta e o Barcelona demonstrassem vontade de fechar um acordo, em 2012 ele acabou se transferindo para o PSG, onde joga até hoje. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

5. Paul Pogba – Fotos de dirigentes do Barcelona e da Juventus apertando as mãos foram divulgadas e logo o jornal Sport, da Espanha, cravou: Pogba havia fechado com o Barcelona e passaria a vestir a camisa azul-grená a partir da temporada 2016-17. O mesmo periódico, no entanto, desmentiu o que tinha veiculado e mais tarde publicou que tudo não passava de uma jogada de marketing para fortalecer Josep Maria Bartomeu à época das eleições para a presidência do clube. Pouco tempo depois, o Manchester United anunciou a contratação do volante francês, a mais cara de toda a história do futebol: 105 milhões de euros, mais bônus de 5 milhões. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

4. Gabriel Jesus – Após despertar o interesse de gigantes europeus do porte de Juventus, Bayern de Munique e Real Madrid, Gabriel Jesus ficou muito perto de fechar com o Barcelona. Depois de contato com representantes do Palmeiras, os catalães tinham convicção de que o acerto seria concretizado, mas uma ligação de Guardiola para Jesus mudou os rumos da negociação, e o brasileiro optou pelo Manchester City, enquanto o Barça fechou com Paco Alcácer. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

3. Sergio ‘Kun’ Agüero – O ex-diretor do Barcelona Andoni Zubizarreta revelou ao Marca que Luis Suárez era o “plano B” para o caso de a contratação de Agüero não dar certo. O argentino é outro jogador pretendido pelos blaugranas há muitos anos, mas o Manchester City reluta em liberá-lo. Sem o aval dos Citizens, o Barcelona acertou com Suárez, que chegou despertando incertezas, pós-punição por conta da mordida em Giorgio Chiellini, mas conquistou seu espaço no Camp Nou. Com o início meteórico de Gabriel Jesus ao City, Agüero confrontou-se com a possibilidade de se ver preterido na equipe de Guardiola, situação da qual o Barcelona poderia se aproveitar para tentar “seduzir” o atacante argentino mais uma vez. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

2. Yerry Mina – Não existe nada oficial, mas a ida do zagueiro de 22 anos do Palmeiras para o Barcelona é dada como certa: de acordo com entrevista do agente do jogador para o jornal espanhol Marca, haveria um pré-acordo de prioridade firmado com o Barça, que pagaria 9 milhões de euros pelo atleta, enquanto o preço para outros clubes seria mais alto. O periódico Mundo Deportivo diz que o acerto é para que o jogador fique no Palmeiras até janeiro de 2018, de modo que dispute o Brasileiro e a Libertadores em 2017. A altura de Mina (1,95m) aliada à sua qualidade técnica e capacidade de sair jogando o credenciariam como uma das boas possibilidades de composição da zaga catalã. Foto: AP

10 craques que podem reforçar o Barcelona em uma nova fa

1. Marco Verratti – Sonho antigo do Barcelona, o meia italiano é um dos principais jogadores do Paris Saint-Germain (PSG) e rechaçou, ao site Football Espana, as supostas declarações de que teria o sonho de jogar na equipe do Camp Nou – segundo Verratti, seu sonho é mesmo continuar no PSG, cujas cores defende há cinco temporadas. De acordo com o jornal italiano La Reppublica, o Barcelona estaria disposto a gastar 60 milhões de euros na compra do atleta, que teria um contrato de 6 milhões de euros por ano. O PSG, no entanto, segundo o portal Sport Mediaset, não liberaria seu jogador por menos de 85 milhões de euros. Com a idade “avançada” de Andrés Iniesta (32 anos), o nome de Verratti seria visto como o favorito para substituir o craque espanhol na equipe azul-grená. Foto: AP