10 atletas brasileiros que não estão bombando no exterior, mas cairiam bem no Brasil

Por Rodrigo Herrero (@rodrigoherrero)

Final de ano chegando, é tempo de os times dispensarem e contratarem jogadores. E com o objetivo de conquistar títulos em 2018, alguns clubes começam a mirar o mercado, interno e do exterior, atrás de jogadores que possam melhorar o elenco e ajudar a equipe a ser campeão. O Yahoo! pesquisou 10 atletas brasileiros que, se não estão lá essas coisas lá fora, cairiam muito bem no Brasil e mudariam o patamar das equipes tupiniquins.

Lucas Moura

Após cinco anos no Paris Saint-Germain, talvez tenha chegado o momento do atacante Lucas Moura procurar novos ares. As chegadas de Neymar e Mbappé tiraram qualquer chance de titularidade do atacante, que perdeu espaço também na Seleção Brasileira. São poucas as partidas que o jogador de 25 anos tem entrado na França, quase nenhuma como titular. Os valores de uma possível negociação assustam, mas se algum clube conseguir uma composição com o PSG, pode dar jogo para 2018. (Getty Images)

Naldo

Com 35 anos, o zagueiro Naldo pouco atuou no Brasil. Revelado pelo RS Futebol, jogou dois anos no Juventude e partiu para a Alemanha. Defendeu a camisa do Werder Bremen e do Wolfsburg, onde ganhou títulos, e agora está na segunda temporada pelo Schalke 04, ainda sem levantar taças. Apesar disso, tem sido titular em todas as partidas, o que pode dificultar uma possível saída. Mas a saudade do Brasil pode ser um fator que chame a atenção do atleta. Além disso, seu contrato acaba em junho de 2018, ou seja, a partir de 1º de janeiro ele poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube. (Getty Images)

Ganso

O meia Paulo Henrique Ganso foi para o Sevilla em 2016 com a esperança de virar um dos protagonistas da equipe. Porém, recebeu críticas pelo comportamento disperso em campo e foi para o banco com Jorge Sampaoli. Nem a troca no comando, com Eduardo Berizzo assumindo o posto de Sampaoli, que foi para a seleção Argentina, mudou o quadro. O meia de 28 anos alterna algumas partidas com boas atuações como titular, com sequências sem sequer ser utilizado. (Getty Images)

Leandro Castán

O zagueiro Leandro Castán é uma boa opção para quem busca um defensor experiente para 2018. Com 31 anos, pode ser uma chance real de repatriá-lo, já que atualmente ele é apenas uma das últimas opções para a reserva da Roma. Ele ainda não entrou em campo nesta temporada. Apesar de ter contrato com o time italiano até junho de 2019, conseguir a rescisão não deve ser um problema neste momento. (Getty Images)

Gabigol

Gabigol já está a caminho do Brasil. Negociado pelo Santos junto à Internazionale, não rendeu o esperado pelos italianos, arrumou confusão e foi parar no Benfica. Porém, não durou três meses e os portugueses já não querem mais contar com o atleta de 21 anos, que agora aguarda alguma oferta de times brasileiros para tentar recuperar seu bom futebol que o levou à medalha de ouro olímpica com a seleção na Rio-2016. (Getty Images)

Júlio César

O titular da meta da Seleção Brasileira das duas últimas Copas do Mundo não vive boa fase no Benfica. Lá desde 2014, Júlio César perdeu a titularidade para Ederson. E mesmo quando este foi para o Manchester City, foi posto como segunda opção, atrás do belga Mile Svilar, 18 anos. Com 38 anos, pode ser a hora de Júlio César retornar ao Brasil para liderar algum grande clube antes de encerrar a carreira. (Getty Images)

Fábio

Esperança das categorias de base do Fluminense, Fábio saiu muito cedo para o Manchester United, onde permaneceu por seis temporadas, com um empréstimo ao Queens Park Rangers no meio disso. Depois foi jogar no País de Gales e está desde 2016 no Middlesbrough, que disputa a Segundona inglesa. Com 27 anos, o lateral-esquerdo pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir do dia 1º de janeiro de 2018. (Getty Images)

Douglas

O lateral-direito Douglas virou motivo de piada no Barcelona, que o contratou junto ao São Paulo, para a felicidade da torcida tricolor. Sem espaço nos culés, foi emprestado ao Sporting Gijón, onde conseguiu ser titular. Nesta temporada, o atleta de 27 anos foi emprestado ao Benfica, mas ainda não conseguiu a regularidade desejada para permanecer entre os 11 iniciais. (Getty Images)

Diego Maurício

Revelado pelo Flamengo, o atacante Diego Maurício teve boa passagem pelas seleções de base do Brasil, mas acabou caindo de produção ao entrar no mundo do futebol profissional. O atleta de 26 anos rodou por vários clubes, até chegar no Gangwon, onde voltou a fazer gols e dá indícios de que poderá render frutos ao clube brasileiro que o repatriar. Seu contrato acaba em dezembro, podendo ser adquirido sem custos. (Getty Images)

Dória

Contratado pelo Olympique de Marselha junto ao Botafogo em 2014, o zagueiro Dória já voltou ao futebol brasileiro, onde defendeu o São Paulo. Depois retornou para a França, para bater no Granada-ESP e ficar no Olympique definitivamente a partir de meados de 2016. Na temporada passada, chegou a entrar em campo 28 vezes. Mas nesta tem jogado poucos minutos. Com 23 anos, é jovem e tem condições de retomar o futebol do início da carreira. Seu contrato com o time francês vai até junho de 2019. (Getty Images)