10 transferências sem custos que deram muito certo

No mundo do futebol, quando se fala em negociações de jogadores, as altas cifras e os contratos beirando à insanidade vêm à cabeça. Ainda mais quando essas transações envolvem grandes craques e ídolos. Porém, no decorrer da história, muitos astros trocaram de time sem que as equipes desembolsassem qualquer quantia para contratá-los. Recentemente, muitas transferências gratuitas renderam mais que o esperado, e geraram muitos títulos e renda.

Por Arthur Moreno @Arthurmorenoo

10 transferências sem custos que deram muito certo

10 – PAUL POGBA – Manchester United para Juventus – temporada 12/13 – Em 2012, aos 19 anos, Pogba era apenas uma grande revelação do futebol francês e das categorias de base do Manchester United. Sem espaço na equipe inglesa, foi ‘entregue’ na metade do ano para a Juventus. No clube Italiano, evoluiu, ganhou títulos e se tornou um craque. Nesta temporada, foi contratado pelo mesmo Manchester United por 105 milhões de euros, a transferência mais cara da história do futebol. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

9 – ESTEBAN CAMBIASSO – Real Madrid para a Inter de Milão – temporada 04/05 – Em 2004, o volante argentino Cambiasso deixou a titularidade do Real Madrid para se transferir para a Inter de Milão. Na Inter, conquistou cinco campeonatos italianos e uma Champions League. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

8 – CAFU – Roma para o Milan – temporada 03/04 – O capitão do Penta acertou sua ida para o Milan em 2003, aos 33 anos. Na Roma desde 1997, foi um dos grandes responsáveis pelo título italiano da equipe, em 2001. Desde então, o torcedor romanista não comemora um título italiano. Em Milão, manteve o mesmo sucesso. Foi campeão da Champions e da Série A. Cafu deixou o Milan em 2008. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

7 – RONALDO – Corinthians em 2009 – De volta à ‘Série A’ após uma temporada na segunda divisão, o Corinthians surpreendeu a todos no fim de 2008. Acertava com Ronaldo Fenômeno. E qualquer torcedor não tem dúvidas em dizer: existe o Corinthians pré e pós-Ronaldo. Com 22 gols e 2 títulos conquistados, não foi só dentro de campo que Ronaldo mudou o patamar da equipe. O três vezes melhor do mundo trouxe dinheiro, visibilidade e estrutura para a equipe de parque São Jorge. Desde sua chegada, o clube conquistou diversos títulos. Um deles é a inédita taça da Libertadores. Ronaldo se aposentou dos gramados em 2010, no Corinthians. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

6 – ROBERT LEWANDOWSKI – Borussia Dortmund para Bayern de Munique – temporada 14/15 – Avaliado em 50 milhões de euros em 2014, o polonês deixou o Borussia Dortmund em alta. Bicampeão alemão com o clube de Dortmund, acertou sua ida por cinco anos para o maior rival da equipe. Lewandowski não quis renovar com o Borussia por conta de divergências com a diretoria. Em Munique, continuou brilhando e conquistou mais três títulos da Bundesliga. Hoje, seu passe está avaliado em 80 milhões de euros. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

5 – CLARENCE SEEDORF – Milan para o Botafogo em 2012 – Com um currículo invejável na Europa, Seedorf surpreendeu a todos e acertou sua ida para o Botafogo em 2012. Casado com a brasileira Luviana, que é torcedora do Glorioso, o holandês esbanjou simpatia e um ótimo português em sua apresentação. No Botafogo, mudou o patamar da equipe. Em 81 jogos, marcou 24 gols e conquistou o Campeonato Carioca de 2013. Além de levar a equipe para a Libertadores – classificação que não ocorria desde 1996. No começo de 2014, anunciou sua aposentadoria dos gramados. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

4 – RONALDINHO GAÚCHO – Flamengo para o Atlético-MG em 2012 – Em 2011, Ronaldinho deixou o Milan para acertar com o Flamengo. O Rubro-negro pagou cerca 3 milhões de euros pelo meia. Pelo Fla, conquistou o Campeonato Carioca do mesmo ano. Na metade de 2012, rescindiu com a equipe da Gávea e acertou sua ida, sem custos, para o Atlético-MG. No clube mineiro brilhou e foi um dos grandes responsáveis pela conquista inédita da Libertadores da América de 2013. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

3 – IBRAHIMOVIC – PSG para o Manchester United – temporada 16/17 – Um dos jogadores mais icônicos e irreverentes do futebol, Ibra deixou o PSG após quatro temporadas pelos franceses. Na França, foram quatro títulos da Ligue 1. Com o fim do contrato, não houve acordo pela renovação e o atacante, de 35 anos, acertou a sua ida para o Manchester United. No clube inglês, formou parceria com Paul Pogba e o técnico José Mourinho. Logo no primeiro ano conquistou a Copa da Liga Inglesa, com direito a gol na decisão. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

2 – PIRLO – Milan para a Juventus – temporada 11/12 – Após mais de 10 temporadas no Milan, com duas conquistas de Champions League e dois campeonatos italianos, o meia Andrea Pirlo foi negociado com a Juventus em 2011. Na época, com 32 anos, o campeão mundial com a Itália em 2006, chegou como a grande contratação para reestruturar a ‘Velha Senhora’. Com a Juve, conquistou 4 títulos da Série A. Foto: AP

10 transferências sem custos que deram muito certo

1 – DANIEL ALVES – Barcelona para a Juventus – temporada 16/17 – O lateral-direito chegou ao Camp Nou em 2008. Comprado do Sevilla por 35 milhões de euros, Daniel Alves logo se tornou um dos ídolos do clube catalão. Foram três Champions League e seis campeonatos espanhóis conquistados. Ao final da temporada 15/16, clube e jogador decidiram não renovar contrato. O destino foi a Itália, mais precisamente a cidade de Turim. Na Juventus, teve um começo difícil, mas logo se firmou. Hoje, é um dos responsáveis por levar o time à final da Champions e também pela eminente conquista do título do campeonato Italiano. Foto: AP