Fora da Copa do Brasil, Athletico terá semana cheia para treinar e se recuperar

Felipão trabalha para melhorar o desempenho ofensivo do Athletico (Albari Rosa / Lancepress!)


Eliminado da Copa do Brasil após derrota por 1 a 0 para o Flamengo na quarta-feira, na Arena da Baixada, o Athletico volta suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. Embora tenha lamentado o revés para o Fla, o técnico Luiz Felipe Scolari pelo menos terá algo raro em mãos: tempo para treinar e preparar o time para os próximos desafios.

O próximo compromisso do Furacão é no domingo, às 18h, contra o América-MG, pelo Brasileirão. Depois, o time terá seis dias sem partidas oficiais até enfrentar o Ceará, no Castelão, no outro sábado, 27 de julho.

Para se ter uma ideia do calendário atribulado do rubro-negro, a última vez em que o time teve seis dias de descanso entre um jogo e outro foi há mais de dois meses. Depois de vencer o Cuiabá por 1 a 0 na Arena Pantanal em 29 de maio, o Furacão só voltou a jogar em 4 de junho: empate em 2 a 2 contra o Santos, na Arena da Baixada.

De lá para cá, o rubro-negro teve pouquíssimo tempo de descanso entre uma partida e outra. Coisa que o técnico Luiz Felipe Scolari fez questão de ressaltar após a eliminação para o Flamengo.

- Vamos jogar no domingo e teremos uma folga. Uma semana para organizar esse grupo de novo, trabalhar e recuperar a parte física e o ânimo. Vamos fazer o possível para organizar esse time para que a gente esteja em condições de seguir em frente nas duas competições, declarou Felipão.

O descanso, no entanto, não vai durar muito. Depois de enfrentar o Ceará em 27 de agosto, o Athletico joga a primeira partida da semifinal da Libertadores, contra o Palmeiras, em Curitiba, já em 30 de agosto.

*Colaborador LANCE!