Fognini briga com Bedene, mas vence e chega a 400ª vitória da carreira

FFT


O italiano Fabio Fognini, ex-top 10 e atual 61º, voltou a se envolver em polêmicas e desta vez pritagonizou uma grande discussão contra o esloveno Aljaz Bedene, 285º, após se garantir nas 8ªs de final em Hamburgo e registrar sua vitória 400ª.

Fognini e Bedene protagonizaram uma batalha de 2h29 em que o italiano levou a melhor com placar de 6/3 3/6 7/6 (5) tendo convertido três aces contra seis de Bedene, que cometeu sete fuplas-faltas contra três do italiano, que venceu 70% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 77% de aproveitamento do esloveno.

O jogo, que foi muito equilibrado, acabou decidido nos detalhes, numa mini-quebra para o italiano em erro de Bedene ao trabalhar com segundo serviço no 10º ponto do tiebreak.

Após o cumprimento na rede, Bedene chamou o italiano pra uma discussão e o italiano comprou a briga. Os dois discutiam uma marcação de bola no saque do esloveno, que Fognini não teria acusado como "boa" (dentro). Os dois dicutiram por quase 5 minutos após a partida e a arbritra de cadeira do jogo chegou a ficar entre os tenistas para que ambos não se agredissem. Fognini ainda chegou alevar Bedene na suposta marca para explicar de que "não tinha 10% de certeza" sobre ela, por estar noutra posição em quadra. O italiano foi sendo acusado por Bedene de não ter 'fair-play' (atitude desportiva) e ouvia repetidamente do italiano: "Eu disse a você que não estava certo sobre a bola".

A polêmica marca a partida que registra um número importante da carreira do italiano, que chegou a sua 400ª vitória em nível ATP. Aos 36 anos, Fognini tornou-se o 14º jogador em atividade no circuito profissional com maior número de vitórias na carreira.

No ATP 250 de Hamburgo, Fognini segue firme e busca vaga nas quartas de final contra o sétimo favorito, o russo Karen Khachanov.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos