Fluminense rescinde com escolinha após vídeo de alunos cantando música do Flamengo


O Fluminense anunciou, nesta sexta-feira, que acionou o Departamento Jurídico para rescindir o contrato com uma das escolinhas de futebol franqueadas do grupo "Guerreirinhos". Isso acontece depois de um vídeo viralizar nas redes sociais onde crianças cantavam uma música da torcida do Flamengo.

Em nota, o Flu destacou que "mantém regras rígidas quanto à interdição desse tipo de manifestação e também à preservação de sua marca". Além disso, ressaltou "que as crianças atendidas pelo projeto não pertencem à base do clube, em Xerém".

O fato ocorreu em Belford Roxo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O clube não acabou com a escolinha, apenas rescindiu o contrato e o local não levará mais o nome do Tricolor.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA:

"O Fluminense tomou conhecimento, na manhã de hoje, da imagem de uma das suas escolinhas franqueadas pelo Projeto Guerreirinhos, com crianças cantando músicas de um clube rival. O clube acionou seu Departamento Jurídico e já notificou o licenciado sobre a rescisão do contrato. O Fluminense destaca que mantém regras rígidas quanto à interdição desse tipo de manifestação e também à preservação de sua marca. Ressalta ainda que as crianças atendidas pelo projeto não pertencem à base do clube, em Xerém".

Fluminense - bandeira no treino
Fluminense - bandeira no treino

Fluminense rescindiu contrato com a escolinha (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)