Fluminense observa situações de jogadores em fim de contrato; veja cada caso

Wellington é um dos jogadores em fim de contrato com o Fluminense (Mailson Santana/FFC)


Entrando na reta final da temporada, o Fluminense já começa a planejar e observar o elenco visando 2023. Em ano de eleição, o clube aguarda para resolver a maioria das situações, mas já tem alguns jogadores em fim de contrato no horizonte para definir os primeiros casos. No elenco profissional atual, o Tricolor tem Fábio, Mário Pineida, Matheus Ferraz, Nathan e Wellington com vínculo apenas até dezembro. Veja a seguir cada caso.

Um dos mais criticados do elenco, Wellington teve a renovação automática na última temporada, mas a tendência é que não fique para 2023. O jogador ainda aguarda o final do Campeonato Brasileiro para definir seu futuro e não teve conversas com o Flu por uma possível permanência. Por isso, a chance de seguir a carreira longe do CT Carlos Castilho no próximo ano é grande.

Entre os emprestados, Nathan ainda terá a compra avaliada pelo Fluminense. O clube já desembolsou cerca de R$ 1 milhão pelo empréstimo do meia junto ao Atlético-MG. A opção de compra gira em torno de 5 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões), valor considerado alto na realidade financeira atual. Já o lateral-esquerdo Pineida está cedido pelo Barcelona de Guayaquil, do Equador, e também tem opção de compra fixada, mas o valor não foi divulgado.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

Há também a situação envolvendo Matheus Ferraz. O jogador passou por cirurgia no dia 15 de julho depois de sofrer uma nova lesão de ruptura de ligamento. Agora o zagueiro está em fase de transição, mas não entrará mais em campo este ano. O clube ainda estuda como proceder no caso, mas a tendência é que ele renove por mais algum tempo para finalizar a recuperação.

O caso do goleiro Fábio é diferente. O vínculo assinado no início do ano era até dezembro, mas o veterano já cumpriu a meta de disputar 60% dos jogos como titular, ativando uma das cláusulas do contrato. Com isso, ele renovará até o final de 2023. O Flu chegará aos 71 jogos ao final da temporada. Ou seja, Fábio teria que jogar pelo menos 49,7 vezes para bater a meta, mas o arqueiro já disputou 50 partidas.

Mesmo com o que já era estabelecido em contrato era improvável que o Fluminense não renovasse o contrato de Fábio ao final do ano. Titular absoluto no Fluminense, o goleiro foi um dos melhores reforços contratados para esta temporada.

​Outros jogadores que também estavam nessa situação eram Nonato e Luccas Claro, ambos negociados na última janela de transferências. O volante foi vendido pelo Internacional ao Ludogorets, da Bulgária, enquanto o zagueiro se transferiu para o Eyüpspor, da Turquia, rescindindo o contrato antes do fim.

Vale ressaltar que, como é ano de eleição presidencial no Fluminense, as decisões sobre a próxima temporada não podem ser tomadas com tanta antecedência. A renovação do técnico Fernando Diniz, por exemplo, está nos planos tanto do atual presidente, Mário Bittencourt, quanto dos pré-candidatos Marcelo Souto e Ademar Arrais.

O Fluminense folga neste domingo e volta a treinar na segunda-feira para seguir a preparação para a reta final do Brasileirão. Na quarta, o Tricolor enfrenta o Juventude às 19h, no Maracanã.