Fluminense goleia o Boavista e encaminha vaga na semifinal da Copa Rio Sub-20

Felipe marcou um dos gols da goleada tricolor (Foto: Leonardo Brasil/Fluminense)


O Fluminense deu grande passo rumo às semifinais da Copa Rio Sub-20. Na tarde desta quarta-feira, o Tricolor goleou o Boavista por 4 a 0, no Vale das Laranjeiras, pelo jogo de ida das quartas de final. Os gols foram marcados por Caio Amaral, Felipe, Isaac e John Kennedy.

O duelo da volta está marcado para daqui a duas semanas, em 5 de outubro. A equipe comandada por Guilherme Torres poderá perder até por três gols de diferença para confirmar a classificação.

Enquanto busca o título da Copa Rio, o time sub-20 do Fluminense também se prepara para a disputa da Copa do Brasil da categoria. A estreia será na próxima quarta-feira (28) contra o Mixto (MT), novamente em Xerém. O confronto será decidido em partida única.

PRIMEIRO TEMPO

No instantes iniciais, Arthur arriscou a finalização de longe, mas errou o alvo. Logo depois, após corta-luz de Freitas, o meia carimbou a zaga. Na investida seguinte, aos 9 minutos, Freitas cruzou na medida para Caio Amaral, de cabeça, abrir o placar para o Fluminense.

Aos 14 minutos, cara a cara, Abner finalizou na saída do goleiro, mas o marcador, em cima da linha, impediu o gol. Aos 21, John Kennedy chutou com categoria da entrada da área, parando no arqueiro. Na cobrança do escanteio provocado pelo arremate do centroavante, aos 22', Arthur lançou para Felipe cabecear firme e balançar a rede.

Aos 44', Isaac esbarrou na marcação ao buscar o chute. Nos acréscimos, o Flu ampliou a vantagem com um golaço. Servido por John Kennedy, Isaac limpou o zagueiro, driblou o goleiro e empurrou para o fundo da rede.

SEGUNDO TEMPO

Aos 4 minutos, Freitas avançou e finalizou pela linha de fundo. Logo depois, dentro da área, John Kennedy encheu o pé para o goleiro espalmar. Na sequência, após cruzamento de Justen, o centroavante cabeceou por cima. No instante seguinte, o próprio John Kennedy recebeu lançamento de Arthur e ensaiou o voleio, esbarrando no arqueiro.

Aos 12', em lance semelhante ao que culminou no primeiro gol dos Moleques de Xerém, Caio Amaral cabeceou com perigo. Aos 21, depois do belo cruzamento de Justen, John Kennedy desviou de cabeça para marcar mais um: 4 a 0.