Fluminense de Diniz tem aproveitamento superior a quase todos os campeões brasileiros desde 2012

Fluminense venceu o Cuiabá e segue em terceiro lugar (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC)


O Fluminense de Fernando Diniz vem se consolidando a cada partida como uma das forças do futebol brasileiro. Atual terceiro colocado, o time sonha alto com títulos das principais competições do país. Mas esse pensamento é exagerado? Os números mostram que não. O Tricolor comandado pelo treinador, que completou três meses no cargo, tem aproveitamento superior a quase todos os últimos campeões brasileiros desde 2012.

Diniz soma 73,61% de aproveitamento nas 24 partidas à frente do Flu até o momento. Apenas o Flamengo de 2019, com 78% supera os atuais números do treinador. O Atlético-MG de 2021 somou também 73%. Quem vem em seguida são: o Corinthians de 2015 com 71%, o Cruzeiro de 2014 e o Palmeiras de 2018 e 2016 com 70%, além do próprio Fluminense em 2012 com 67%.

Fecham essa lista Cruzeiro em 2013 com 66% de aproveitamento, Corinthians em 2017 com 63% e o Flamengo de 2020 com 62%. Vale destacar que pegando os números apenas do Brasileirão, o Flu soma 66,66% nas 17 partidas que disputou com o treinador. Foram 21 rodadas no total até o momento.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

​Terceiro colocado no Brasileirão, o Fluminense tem 60% de aproveitamento com 38 pontos em 21 jogos. São 11 vitórias, cinco empates e cinco derrotas. O Palmeiras, líder, tem 71%, conquistando 45 pontos e com apenas duas derrotas nesse período. De acordo com o site "Chance de Gol", hoje o Tricolor tem 8,1% de chances de terminar como campeão. Já em termos de Libertadores, são 95,3%.

DINIZISMO EM ALTA

Não há como não relacionar o ótimo momento a Fernando Diniz. O time foi campeão carioca e teve uma sequência de 13 vitórias seguidas com Abel Braga, é verdade, mas o novo treinador vem ao longo dos últimos três meses recuperando e dando um gás novo ao time.

São 13 jogos sem saber o que é perder e um momento em que nem quando as atuações são ruins o Flu sai derrotado. Diniz potencializou até o que já vinha dando certo, como Germán Cano, Jhon Arias, André e Paulo Henrique Ganso. Consolidou a zaga com Nino e Manoel e recuperou Samuel Xavier, que vem sendo bastante elogiado. Além disso, fez com que o time não sentisse tanto a falta de Luiz Henrique.

Com a maior invencibilidade em brasileiros desde 2012, o Fluminense tem a semana livre para preparar-se para o confronto com o Internacional, no Beira-Rio, no próximo domingo, que deve ser o mais complicado dessa ótima sequência de Fernando Diniz. O confronto será às 19h.

VEJA A SEGUIR A LISTA DE APROVEITAMENTO DOS ÚLTIMOS CAMPÕES:

2021
1º - Atlético-MG - 73%
2º - Flamengo - 62%

2020
1º - Flamengo - 62%
2º - Internacional - 61%

2019
1º - Flamengo - 78%
2º - Santos - 64%

2018
1º - Palmeiras - 70%
2º - Flamengo - 63%

2017
1º - Corinthians - 63%
2º - Palmeiras - 55%

2016
1º - Palmeiras - 70%
2º - Santos - 62%

2015
1º - Corinthians - 71%
2º - Atlético-MG - 60%

2014
1º - Cruzeiro - 70%
2º - São Paulo - 61%

2013
1º - Cruzeiro - 66%
2º - Grêmio - 57%

2012
1º - Fluminense - 67%
2º - Atlético-MG - 63%