Flamengo tem primeiro tempo avassalador, vence o Atlético-GO e entra no G4 do Brasileirão


Sem sustos e com show individual. Assim foi a vitória do Flamengo por 4 a 1 sobre o Atlético-GO na noite deste sábado, abrindo o segundo turno do Brasileirão. Todos os gols dos donos da casa foram marcados ainda no primeiro tempo. Lázaro abriu a contagem, seguido por Marinho, Arturo Vidal, de pênalti, e Victor Hugo, o nome da noite em um Maracanã com mais de 64 mil pessoas. Wellington Rato ainda descontou.

Flamengo x Atlético GO
Flamengo x Atlético GO

Flamengo goleou o Atlético-GO e subiu na tabela do Brasileirão (Marcelo Cortes / Flamengo)

Com o resultado, o Rubro-Negro carioca fica em quarto lugar, com 33 pontos, mas ainda pode cair ao final da rodada. Já os goianos estão em 18º, com 17 pontos. O Flamengo agora vira a chave para as quartas de final da Libertadores. Na terça-feira, abre o confronto contra o Corinthians na Neo Quimica Arena, às 21h30. Pelo Brasileirão o próximo jogo é diante do São Paulo, sábado, fora de casa. Já o Atlético-GO encara o Nacional, do Uruguai, pela Sul-Americana na terça às 19h15.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

MADE IN NINHO

O primeiro tempo do Flamengo começou devagar, com todas as jogadas passando por Arturo Vidal, mas sendo pouco efetivo. O cenário mudou completamente aos 21 minutos. Victor Hugo, formado na base do clube, começou o show particular em noite inspirada. Após bela jogada individual, passou como quis pela marcação, invadiu a área e rolou para Lázaro abrir o placar e correr para o abraço, fazendo o sexto dele na temporada..

NINGUÉM RESPIRA

Não deu nem tempo de terminar de comemorar. Aos 22, Victor Hugo recebeu novamente e entregou para Vidal encontrar Marinho na esquerda. O atacante chutou de canhota de fora da área e contou com certa ajuda do goleiro para fazer o 2 a 0. Aos 26, mais um. Victor Hugo fez boa jogada e achou Marinho, que acabou caindo após dividida com Edson. O árbitro foi ao VAR para revisão e assinalou a penalidade. Vidal foi para a cobrança e fez o primeiro gol dele com a camisa rubro-negra, sendo muito celebrado por companheiros e torcida.

MERECIDO

Achou que tinha acabado? Ainda deu tempo do nome da primeira etapa deixar o dele. Vidal fez uma excelente partida, mas o garoto do Ninho brilhou. Após ótimo lançamento de Ayrton Lucas, o meia fez o domínio, ganhou do marcador e deu um toque por cima do goleiro Ronaldo para fazer o quarto gol do Flamengo.

TRANQUILO

Já com o placar controlado, o Flamengo não precisou fazer muito no segundo tempo. O Atlético-GO até fez as últimas alterações e tentou ficar mais tempo com a bola, mas os donos da casa administraram facilmente o confronto. Enquanto isso, a torcida ia curtindo. Pediu mais um, fez show de luzes, cantou e incentivou.

VAIAS E APLAUSOS

Dorival só foi fazer as primeiras mudanças perto dos 30 minutos, quando Jorginho já tinha mudado cinco vezes. As escolhas foram Gabigol, Thiago Maia e Vitinho. Enquanto os dois primeiros foram celebrados, especialmente o atacante, o último acabou recebendo um misto de vaias e aplausos.

DIMINUIU

Nos minutos finais, ainda deu tempo para uma pequena confusão. Aos 36 minutos, Diego Ribas perdeu a bola na saída e o Atlético recuperou. Wellington Rato foi acionado, limpou o zagueiro e bateu para diminuir. O árbitro ainda foi ao VAR checar uma possível falta na origem do lance, mas nada deu. No meio disso, Luiz Fernando, no banco, acabou sendo expulso por reclamação. Vale ressaltar que foi mais um lance que a arbitragem foi criticada, assim como em duas possíveis expulsões para o Dragão.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 4X1 ATLÉTICO-GO

Estádio:
Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 30 de julho de 2022, às 20h30
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Gols: Lázaro (21'/1ºT) (1-0), Marinho (22'/1ºT) (2-0), Vidal (32'/1ºT) (3-0), Victor Hugo (49'/1ºT) (4-0), Wellington Rato (36'/2ºT) (4-1)
Cartões amarelos: Ricardinho, Jorginho, Edson, Marlon Freitas, Léo Pereira, Jefferson, Willian Maranhão (ACG)
Cartões vermelhos: Luiz Fernando (ACG)

FLAMENGO: Santos; Matheuzinho (Rodinei - 36'/2ºT), Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Diego, Vidal (Thiago Maia - 27'/2ºT) e Victor Hugo (Everton Ribeiro - 36'/2ºT); Everton Cebolinha, Lázaro (Vitinho - 27'/2ºT) e Marinho (Gabigol - 27'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Dudu, Edson Felipe (Klaus - intervalo), Wanderson e Jefferson; Baralhas, Marlon Freitas (Willian Maranhão - intervalo), Jorginho (Churín - 18'/2ºT); Peglow (Léo Pereira - 31'/1ºT), Ricardinho (Airton - 31'/1ºT) e Wellington Rato. Técnico: Jorginho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos