Flamengo se posiciona e apoia Vinicius Júnior após caso de racismo

Vini Jr e Flamengo sempre tiveram excelente relação e dessa vez não foi diferente (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


Na noite da última quinta-feira, um caso de racismo contra Vinicius Júnior, do Real Madrid, chocou o mundo do futebol. Em apoio ao atacante brasileiro, diversas personalidades do esporte começaram a campanha "Baila, Vini Jr". E o Flamengo, clube formador do jogador, também entrou.

+ Hofman rebate desculpas de agente após falas racistas sobre Vini Jr: 'Precisa arcar com as consequências'

Além de escrever sobre a campanha, o Flamengo publicou um vídeo em homenagem ao atacante, com dançinhas dele pelo Rubro-Negro. Na publicação, o clube frisou: "Baila, Vini Jr. Como você sempre foi: de gol em gol, de drible em drible, de baile em baile.".

ENTENDA O CASO
A polêmica envolvendo o atacante do Real Madrid começou quando Koke, capitão do rival Atlético, afirmou que Vini "teria problemas" se comemorasse dançando no clássico entre as equipes no próximo domingo.

+ #BailaViniJr: CBF presta solidariedade a atacante da Seleção Brasileira após caso de racismo

Tudo piorou quando, mais tarde, o presidente da Associação de Empresários de Jogadores da Espanha entrou no assunto. No programa "El Chiringuito", Pedro Bravo afirmou que o atacante tinha que "deixar de fazer macaquice".

Diversas personalidades do mundo de futebol já se posicionaram, incluindo o Rei Pelé e Neymar. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também mostrou apoio ao atacante, que deve estar na Copa do Mundo do Qatar.