Flamengo precisa fazer o 'diferente' na luta pelo título, e Dorival Júnior mostra apego a estratégia

Dorival Júnior sai do planejamento e escala "time das Copas" no Brasileirão (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Os sete pontos de distância para o líder Palmeiras, a 13 rodadas do fim do Brasileirão, deixam o Flamengo em situação difícil na briga pelo título, mas, matematicamente, as chances ainda existem.

Contudo, para ser campeã, a equipe de Dorival Júnior precisa fazer o "diferente", com um aproveitamento ainda melhor na reta final, e o técnico tem mostrado apreço à estratégia que prioriza as Copas.

O 4 a 0 no jogo de Buenos Aires, pela Libertadores, tornou o jogo de quarta contra o Vélez Sarsfield protocolar. Mesmo assim, Dorival optou por preservar boa parte do time principal neste domingo, um dia após o Palmeiras empatar com o Bragantino. A chance para levar a vantagem para cinco pontos estava no ar, mas o Fla também ficou no empate em 1 a 1 - recorrendo a Pedro, Vidal & Cia na etapa final.

Convicto da estratégia, Dorival falou, ainda no Maracanã, que seguirá o plano também na próxima rodada, quando o Flamengo visita o Goiás, no domingo, e, na quarta, recebe o São Paulo pela Copa do Brasil para garantir um lugar na decisão após o 3 a 1 no Morumbi.

As declarações de Dorival Júnior não são no mesmo sentido do que Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, afirmou após o resultado na Argentina, na última quarta-feira - apesar de ter ressaltado que a decisão final caberia somente ao treinador do Fla.

- Todas as decisões em relação ao Campeonato Brasileiro foram em cima da análise da ciência, da fisiologia, dos números dos jogadores. Está faltando um jogo para a final da Libertadores e outra para Copa do Brasil, então é mais do que natural que, aos poucos, a gente bote força máxima. Mas isso é uma decisão do Dorival - avaliou Braz.

O próprio Flamengo já tirou uma diferença maior do que a atual para arrancar para o título brasileiro de 2009. Por mais que o "time do Brasileirão" tenha cumprido um papel importante nas últimas rodadas, as presenças de David Luiz, Filipe Luís, João Gomes, Gabi, Arrascaeta & Cia com certeza aumentam as possibilidades do time, além de mostrarem, de fato, se o Rubro-Negro quer mesmo o título.