Flamengo bate o Corinthians fora de casa e dá grande passo por classificação na Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Com um golaço, Arrascaeta abriu o placar para o Flamengo em Itaquera (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Flamengo encaminhou a classificação à semifinal da Libertadores. Nesta terça-feira (2), o time carioca venceu o Corinthians por 2 a 0 em plena Neo Química Arena, pelo jogo de ida das quartas de final da competição continental.

+ Exclusivo: Veja com fotos inéditas como é a nova casa do Luva de Pedreiro

Os gols flamenguistas foram marcados pelo uruguaio Arrascaeta, no primeiro tempo, e o atacante Gabigol, já na etapa final.

Com o resultado, o Fla pode perder por até um gol de diferença na partida de volta, que acontece no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na próxima terça-feira (9).

CORINTHIANS BELISCA A SAÍDA DO FLA E QUASE ABRE O PLACAR NO INÍCIO DO JOGO

O Corinthians começou mordendo a saída de bola flamenguista e aos quatro minutos a estratégia quase rendeu o primeiro gol do jogo. Du Queiroz e Cantillo abafaram, mas não conseguiram tomar a bola. Na terceira tentativa, Maycon tomou a posse, que era de Léo Pereira, deu para Yuri Alberto, que serviu Gustavo Mosquito, que, então, finalizou em cima do goleiro Santos.

PEDRO PARA EM CÁSSIO, MAS ESTAVA IMPEDIDO

Aos 16 minutos, o Flamengo chegou com perigo pela primeira vez, mas o lance não valeu. Arrascaeta acionou Pedro, que demorou para finalizar, foi abafado por Fagner e quando chutou foi parado por Cássio. No entanto, o centroavante flamenguista estava em posição irregular, e o impedimento foi assinalado na sequência.

MAYCON SENTE E É SUBSTITUÍDO

Nos primeiros minutos de jogo, Maycon e Thiago Maia dividiram uma bola no meio-campo, com o meia flamenguista levando o pé por cima do corintiano. O árbitro Patrício Losteau marcou a falta e deu amarelo para Maia.

Maycon até tentou seguir em campo por mais alguns minutos, mas depois de duas quedas no gramado foi substituído. O argentino Fausto Vera entrou no lugar.

CÁSSIO SALVA CHUTE DE PEDRO

Aos 33 minutos, Du Queiroz perdeu a bola na intermediária defensiva, Arrascaeta avançou e finalizou de fora da área. O goleiro Cássio caiu no canto esquerdo e defendeu sem soltar a bola.

FLAMENGO ABRE O PLACAR, E CORINTIANOS RECLAMAM DE IRREGULARIDADE

Aos 36 minutos, o Flamengo saiu na frente com um golaço de Arrascaeta, que aproveitou uma saída de bola errada de Cantillo e finalizou por cobertura, no ângulo esquerdo do goleiro Cássio.

No entanto, os jogadores do Corinthians reclamaram de um toque da bola no braço de João Gomes na origem do lance, quando Cantillo saiu jogando de maneira errada. Porém, os corintianos ficaram parados reclamando e somente viram Arrascaeta marcar.

A bola realmente bateu no braço do meia flamenguista, porém ele não abriu os braços e, segundo a regra atual, essa situação não configura irregularidade.

FLAMENGO VOLTA PARA O SEGUNDO TEMPO AMPLIANDO

No intervalo, o técnico Vítor Pereira promoveu duas alterações, com as entradas de Giuliano e Róger Guedes no lugar de Cantillo e Adson. No entanto, não deu nem para o Timão sentir as alterações, que o Fla deu um banho de água fria na equipe paulista.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Gabigol marcou o seguindo gol flamenguista. A jogada foi construída pelo lateral Rodinei, pelo lado direito, que ganhou do volante Fausto Vera e serviu o centroavante do Mengão, que se aproveitou do escorregão do zagueiro Balbuena, do Timão, e bateu no canto direito do goleiro Cássio.

Com a bola na rede, o camisa 9 do Flamengo interrompeu uma série de seis partidas sem marcar.

QUASE O TERCEIRO DO FLAMENGO

Após marcar o Flamengo marcar o segundo gol, o Corinthians sentiu. E a equipe carioca teve a chance de ampliar ainda mais o placar, muito por conta de erros defensivos do Timão. Primeiro, com Balbuena saindo errado e precisando cortar para escanteio quando Arrascaeta cruzou por baixo da área corintiana. Na sequência, David Luiz chegou ao gol corintiano duas vezes, após cobrança de escanteio, e em ambas oportunidades parou no goleiro Cássio.

RÓGER GUEDES TIRA TINTA

Em uma das poucas chances corintianas no segundo tempo Róger Guedes, que havia entrado no intervalo, avançou e tentou o chute colocado no ângulo esquerdo do goleiro Santos, mas a bola passou tirando tinta da meta adversária.

CÁSSIO SALVA O 3 A 0 PARA O MENGÃO

Já nos acréscimos, no último lance do jogo, o Flamengo perdeu uma chance clara de gol com Victor Hugo, na entrada da pequena área, com Cássio brilhando com uma defesa fantástica.

+ Confira a tabela da Libertadores e simule a reta final da competição

CORINTHIANS 0 X 2 FLAMENGO
LIBERTADORES - QUARTAS DE FINAL - IDA


Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 2 de agosto de 2022, às 21h30
Árbitro: Patrício Loustau (ARG)
Assistentes: Juan Pablo Belatti (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG)
Árbitro de vídeo: Germán Delfino (ARG)
Público/renda: 45.349 pessoas / R$ 5.386.291,50
Cartões amarelos: Cantillo (Corinthians); Thiago Maia e Rodinei (Flamengo)
Cartões vermelhos:

GOLS: 0-1 Arrascaeta (36'/1T); 0-2 Gabigol (5'/2T)

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Balbuena e Lucas Piton; Cantillo (Giuliano, intervalo), Du Queiroz (Roni, 34'/2T) e Maycon (Fausto Vera, 18'/1T); Gustavo Mosquito (Giovane, 19'/2T), Yuri Alberto e Adson (Róger Guedes, intervalo). Técnico: Vítor Pereira

FLAMENGO
Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes (Arturo Vida, 27'/2T), Thiago Maia, Éverton Ribeiro e De Arrascaeta (Victor Hugo, 42'/2T); Gabigol (Lázaro, 42'/2T) e Pedro (Éverton Cebolinha, 42'/2T). Técnico: Dorival Júnior

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos