Fisioterapeuta do Corinthians mostra pessimismo para ter Maycon em duelo decisivo na Copa do Brasil

Maycon em ação, como na foto, é algo que não ocorre há mais de dois meses (Foto: Rodrigo Coca/Ag,Corinthians)


Vítor Pereira não deverá contar com Maycon para o duelo decisivo do Corinthians contra o Fluminense, no próximo dia 15 de setembro, pela partida de volta da Copa do Brasil, na Neo Química Arena.

Balbuena assume o quarto lugar! Veja os defensores do Corinthians com mais gols na Arena

Bruno Mazziotti, fisioterapeuta contratado pelo Timão para ser consultor do departamento de saúde e performance, explicou que a lesão sofrida pelo volante foi complexa.

O camisa 5 fraturou o segundo dedo do pé esquerdo durante a primeira partida contra o Flamengo, nas quartas de final da Libertadores.

- Maycon vem evoluindo bem, a gente vem acompanhando os critérios de exames radiológicos. Vem apresentando a calcificação na fratura. Ele teve uma fratura complexa, em duas áreas do pé, por fatalidade. A gente precisa respeitar os prazos, nosso objetivo é sempre acelerar as recuperações, nunca apressar - iniciou Mazziotti à Corinthians TV.

Veja tabela e simule os jogos do Campeonato Brasileiro

Segundo a última atualização do boletim médico fornecido pelo Corinthians antes de cada jogo, Maycon vem fazendo treinos de força na academia

- O Maycon nesse momento avança, está colocando a descarga de peso, que é um momento importante. À medida que ele avançar isso, sem dor, a gente começa a colocar em uma fase de performance, onde ele começa a correr. Depois liberamos para o campo, na transição individual, e depois integramos - comentou Mazzioti.

Contudo, a projeção do fisioterapeuta é que o volante fique afastado pelo menos mais dez dias, sem poder reforçar a equipe contra o Tricolor das Laranjeiras, na Copa do Brasil.

- Temos a perspectiva de pelo menos mais duas semanas ou dez dias para ver como ele evolui nessa fase. Temos mais um exame a fazer, e esperamos que seja o desfecho que desejamos na última fase de acompanhamento - concluiu Mazziotti.

Dessa forma, o camisa 5, que está há mais de um mês se recuperando e já perdeu oito jogos, fique de fora contra o São Paulo, no Brasileirão, e diante do Fluminense, na Copa do Brasil.

O primeiro jogo da semifinal terminou em 2 a 2 no Maracanã. Não há o gol qualificado, conhecido como 'gol fora'.