Finais NBA: Stephen Curry, dos Warriors, encerra sequência histórica de bolas de 3 pontos na liga

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Curry não estava com as mãos calibradas na partida desta segunda-feira (Foto: Nathaniel S. Butler / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Foram 233 jogos consecutivos no total, sendo 132 nos playoffs, mas a sequência de pelo menos uma bola de 3 pontos convertida por Stephen Curry chegou ao fim. Na segunda-feira, no jogo 5 das finais da NBA, o armador do Golden State Warriors tentou 9 arremessos do perímetro e errou todos. Foi a primeira vez em sua carreira em que ele não acertou um chute de 3 sequer em um jogo de playoffs.

O Golden State Warriors venceu a partida por 104 a 94 e abriu 3 a 2 na série final da liga, mas Curry viu seu recorde terminar naquela que foi sua pior atuação na decisão. Foram 16 pontos (7 de 22 nos arremessos), 3 rebotes e 8 assistências para o armador na partida.

A última vez em que Curry havia passado em branco da linha de 3 pontos foi em 8 de novembro de 2018. Naquele dia, os Warriors perderam para o Milwaukee Bucks por 134 x 111, o armador errou as quatro bolas de 3 tentadas e ainda saiu lesionado de quadra.

À época, o líder em bolas de 3 pontos convertidas na história da NBA encerrou uma sequência histórica de 157 jogos com pelo menos um arremesso certo do perímetro, até então recorde da NBA.

O próprio Curry superou sua própria marca em 1º de janeiro deste ano. Em um jogo contra o Utah Jazz, o armador chegou aos 158 jogos consecutivos com pelo menos um arremesso certeiro de 3 pontos, ultrapassando seu antigo recorde.

Companheiro de equipe de Curry nos Warriors, Klay Thompson elogiou o armador e avisou que a situação não vai se repetir na quinta-feira, no jogo 6 entre Golden State e Boston.

- Ele é o melhor arremessador da história. Vou dizer uma coisa pra vocês: quando a bola sai das mãos dele, todo mundo no ginásio e na TV acredita que ela vai entrar na cesta. Eu sei que ele vai dar uma resposta. É um dos maiores competidores que eu já vi e um perfeccionista - disse Thompson, rasgando ainda mais elogios ao companheiro.

- O homem faz mágica com a bola nas mãos e redefiniu a posição de armador. Nunca vi alguém com a capacidade de arremessar que ele tem. É uma benção poder dividir a quadra com ele. Já o vi fazendo tantas coisas incríveis que virou rotina e até esperado, mas não deveria ser assim, por que é um talento que transcende e nunca mais vamos ver nada parecido - acrescentou.

Stephen Curry terá a chance de recomeçar uma nova sequência de bolas de 3 pontos na quinta-feira, às 22h, quando Boston Celtics e Golden State Warriors se enfrentam pelo jogo 6 das finais da NBA, no TD Garden.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos