Filme sobre a primeira Escola de Goleiros do Brasil terá exibição especial no Museu do Futebol

Filme Escola de Goleiros será exibido no Museu do Futebol na próxima semana (Foto: Reprodução/Divulgação)


Há quem diga que a posição de goleiro no futebol é a mais ingrata de todas. Em um segundo, vilões se tornam heróis, e vice-versa. Apesar da alcunha, a função também rende muitas histórias. E é nisso que se baseia o filme "Escola de Goleiros - Nascidos para defender", que terá uma exibição especial em São Paulo.

O longa-metragem conta a história do programa social fundado em Americana, no interior de São Paulo, seguindo a trajetória do arqueiro Daniel Fuzato, que já atuou em equipes do calibre de Palmeiras, Roma (ITA), Gil Vicente (POR) e hoje joga na Espanha.

O evento acontece no Museu do Futebol, no Pacaembu, no próximo dia 19 de setembro (segunda-feira). Com entrada gratuita (mas vagas limitadas), a exibição terá início às 19h30, com reservas feitas pelo telefone (19) 9 9273-2990.

Além do filme, o Museu receberá nesse dia diversos preparadores de goleiros de equipes de São Paulo, que farão um bate papo com os presentes. Entre os nomes já confirmados estão o multicampeão Zetti, Carlos Gallo (ex-Seleção Brasileira), Rodrigo Bruns e Fabio Mathias (ambos do Red Bul Bragantino), entre outros.

- Chegar ao Museu do Futebol com essa história é muito gratificante. O espaço que conta a historia do esporte, agora, também tem um pedaço da Escola de Goleiros, a primeira do Brasil. E, assim, de certa forma, abrimos as comemorações para os 18 anos no ano que vem - disse o criador do projeto, Vander Batistella.

A Escola de Goleiros é um projeto gratuito que atende crianças e jovens que sonham em um dia ser jogador de futebol.

- O filme, com certeza, é uma porta para que os mais jovens e apaixonados por futebol conheçam a Escola de Goleiros e possam contribuir com o projeto e fazer com que mais crianças possam treinar e participar de um pouco daquilo que pude viver no projeto - disse Fuzato.

O FILME:

Com roteiro do jornalista Alex Ferreira o filme conta, por meio dos mais variados personagens reais, a busca do jovem garoto Daniel por ser jogador, passando também pela própria construção da escola de goleiros. A produção foi gravada em Americana, nos estúdios da iTV Video e Comunicação, na sede da Escola e nas ruas e campos de terra de Americana, e levou três anos para ser finalizada.

- Nossa proposta sempre foi motivar e instigar, por meio do filme, a possibilidade de sonhar e buscar essa realização. Os sonhos do Daniel e a do Vander são motivados pela possibilidade de realização - disse Ferreira.

- Conseguimos contar toda a história através do sonho do Daniel. E, aqui no projeto, sonhos chegam todos os dias. E assim estamos seguindo para tornar o nosso projeto na maior Escola de Goleiros do Mundo - completou Batistella.