Ferrari domina treinos livres do GP da França; Sainz é punido e perde posições

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Ferrari mostrou sua força ao dominar as duas primeiras sessões de treinos livres do Grande Prêmio da França de Fórmula 1, nesta sexta-feira, com seus dois pilotos, primeiro Charles Leclerc na sessão inicial e depois Carlos Sainz Jr na segunda.

Na primeira sessão, Leclerc, que no domingo venceu o GP da Áustria e está a 38 pontos de Verstappen na classificação do mundial de pilotos, fez o melhor tempo com uma melhor volta de 1 minuto, 33 segundos e 930 milésimos.

A temperatura subiu para 59 graus Celsius na quadra de Le Castellet e Leclerc ultrapassou Verstappen em 91 milésimos de segundo, um ano após a vitória do holandês no circuito do sul da França.

Três horas depois foi o espanhol Sainz Jr quem dominou a segunda sessão, com o melhor tempo de 1:32.527, com 101 milésimos de vantagem sobre Leclerc.

Verstappen, derrotado na Áustria, foi superado nessa sessão em quase meio segundo (550 milésimos), mas ficou à frente dos dois pilotos da Mercedes, George Russell e Lewis Hamilton.

Na primeira sessão, Hamilton, vencedor do Grande Prêmio da França em 2018 e 2019, 'emprestou' seu carro ao holandês Nyck de Vries, piloto reserva e campeão mundial no ano passado na Fórmula Elétrica. Ele foi o nono nessa sessão.

Depois de três corridas consecutivas terminando no pódio, Hamilton, sete vezes campeão mundial, espera alcançar sua primeira vitória da temporada neste fim de semana, coincidindo com seu 300º Grande Prêmio. O circuito de Le Castellet parece cair bem para os carros alemães.

- Sainz é penalizado no grid -

Sainz Jr, que obteve o melhor tempo nesta sexta-feira, não terá esperança de largar no domingo na pole position da corrida, já que nesta sexta-feira cumpriu sua penalidade de pelo menos dez posições no grid de largada no domingo, devido a uma alteração fora da cota permitida de um componente eletrônico do motor híbrido de sua Ferrari.

Outras mudanças necessárias podem ser decididas neste sábado pela 'Scuderia', o que deixaria o piloto espanhol ainda mais para trás no grid. Previsivelmente, será um adversário a menos para Leclerc no domingo.

Na classificação do Mundial, Sainz Jr está em quarto, a 75 pontos do líder Vertappen.

O também espanhol Fernando Alonso (Alpine) foi décimo primeiro na segunda sessão.

Cerca de 200 mil espectadores são esperados neste fim de semana em Le Castellet, naquele que é atualmente o último ano do contrato entre este circuito e a região com os promotores americanos da Fórmula 1.

--- Classificação da 2ª sessão dos treinos livres do GP da França:

Carlos Sainz Jr (ESP/Ferrari) 1:32.527

Charles Leclerc (MON/Ferrari) 1:32.628

Max Verstappen (HOL/Red Bull) 1:33.077

George Russell (GBR/Mercedes) 1:33.291

Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 1:33.517

Lando Norris (GBR/McLaren-Mercedes) 1:33.607

Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Red Bull) 1:33.906

Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) 1:33.928

Daniel Ricciardo (AUS/McLaren-Mercedes) 1:33.984

Sergio Pérez (MEX/Red Bull) 1:34.060

Fernando Alonso (ESP/Alpine-Renault) 1:34.259

Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo) 1:34.264

Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin-Mercedes) 1:34.420

Yuki Tsunoda (JPN/AlphaTauri-Red Bull) 1:34.540

Lance Stroll (CAN/Aston Martin-Mercedes) 1:34.595

Alexander Albon (TAI/Williams-Mercedes) 1:34.653

Zhou Guanyu (CHN/Alfa Romeo) 1:34.654

Esteban Ocon (FRA/Alpine-Renault) 1:34.660

Mick Schumacher (ALE/Haas-Ferrari) 1:35.195

Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) 1:35.412

ole/bvo/dr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos