Ferrari que foi de Mike Tyson pode ser vendida por R$ 30 mi

Carro esportivo, que tem apenas 349 unidades em todo o mundo, esteve na garagem de Mike Tyson até 2001.
Carro esportivo, que tem apenas 349 unidades em todo o mundo, esteve na garagem de Mike Tyson até 2001. Foto: (Martyn Lucy/Getty Images)

Uma das figuras mais polêmicas da história de todos os esportes, além de um dos boxeadores mais famosos da história, Mike Tyson ficou conhecido, também, por seus carros de luxo. Uma Ferrari F50, que esteve sob sua posse até o ano de 2001, será colocada em leilão para que populares possam dar lances e arrematá-la. Acontece, porém, que o valor esperado para quando o martelo bater é de 5,5 milhões de dólares, aproximadamente R$ 30 milhões na cotação atual.

O modelo é um dos 55 que foi originalmente construído para o mercado dos Estados Unidos, além de ser um dos 349 construídos em todo o mundo. Com motor aspirado e 520 cavalos de potência, a Ferrari F50 leva 3,7 segundos para sair da inércia e atingir os 100 km/h. Sua velocidade máxima é de 325 km/h, tendo câmbio manual de seis marchas.

Leia também:

Mike Tyson diz que sua morte está chegando 'muito em breve'

Falando em seu podcast, 'Hotboxin' with Mike Tyson, o ex-campeão dos pesos pesados de 56 anos, disse ao terapeuta de traumas e vícios Sean McFarland que sente que seu tempo está quase acabando.

"Todos nós vamos morrer um dia, é claro. Então, quando eu olho no espelho, vejo aquelas pequenas manchas no meu rosto, eu digo, 'Uau. Isso significa que minha data de validade está chegando perto, muito em breve", disse Tyson, que acrescentou: "Eu sempre digo às pessoas - elas acham que o dinheiro as fará felizes, elas nunca tiveram dinheiro antes - quando você tem muito dinheiro, não pode esperar que ninguém te ame".