Federer e Nadal se unem para jogo de duplas em despedida do suíço das quadras

Nadal e Federer na Laver Cup

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O ícone suíço Roger Federer encerrará sua brilhante carreira ao se juntar ao grande rival Rafael Nadal pela Laver Cup na sexta-feira.

O jogador de 41 anos anunciou na semana passada que o evento por equipes que será disputado na O2 Arena de Londres será o seu último.

Por causa de seu joelho direito, lesão que obrigou Federer a encerrar uma carreira de 24 anos que incluiu 20 títulos de Grand Slams e admiração mundial, ele estará em apenas uma partida no confronto de três dias entre o time Europa, do capitão Bjorn Borg, e o time Resto do Mundo, de John McEnroe.

Mas o fato de ele realizar sua última partida competitiva ao lado de Nadal, dono do recorde de 22 títulos de Grand Slams, é um cenário dos sonhos. Eles enfrentarão a dupla norte-americana Jack Sock e Frances Tiafoe na última partida de sexta-feira.

"Será um tipo diferente de pressão fazer parte deste momento histórico", disse Nadal, que compartilhou uma rivalidade épica com Federer ao longo de sua carreira, a repórteres.

Federer se mostrou relaxado ao se sentar com seus companheiros de equipe europeia, incluindo os campeões de Grand Slams Novak Djokovic e Andy Murray.

"Não tenho certeza se consigo lidar com (todas as emoções), mas vou tentar", disse Federer, cuja presença fez os fãs se aglomerarem para assistir aos treinos na quinta-feira.

(Reportagem de Martyn Herman)