Fausto Vera revela propostas da Europa, mas valoriza Corinthians: 'Estou no melhor clube do Brasil'

Fausto em ação contra o Dragão (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


Na tarde desta sexta-feira (5), o meia Fausto Vera concedeu sua primeira entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. Mesmo com pouco tempo de casa, o argentino de 22 anos se mostrou preparado para o desafio no Corinthians.

+ GALERIA - Com Fausto Vera, Corinthians chega a 16 reforços na gestão de Duílio

- Tem muitas estrelas no elenco, mas no momento que cheguei fiquei muito contente. Grupo muito bom, toda gente do clube me recebeu muito bem. Estou contente com as pessoas aqui. Venho para trazer algo melhor ao clube, demonstrar que estou à altura e preparado para dar alegria aos torcedores - iniciou o argentino.

O Timão teve que vencer a concorrência de clubes europeus, como o Genk, da Bélgica, para fechar com Fausto. Ele admitiu o interesse de equipes do Velho Continente, mas ressaltou a importância da mobilização da torcida corintiana para tomar sua decisão.

- Tive varias ofertas de clubes europeus, mas é um pouco disso do que falei sobre a grandeza do clube, a força da torcida. Tinha a vontade de vir. É uma experiência e um desafio muito importante. Estou preparado para estar aqui. A ideia é ter o nível que tive na Argentina - revelou.

- Primeiro dia que cheguei disse que a torcida era incrível, só pode explicar quem está lá dentro. Estar dentro da Arena é uma experiência muito linda. Penso que posso fazer bons jogos e seguir melhorando. Agradecer a torcida pelo carinho. Desde que começaram os rumores senti o apoio nas redes sociais - falou o novo reforço corintiano.

Um dia após ser oficializado como terceiro reforço do clube na janela do meio do ano, Fausto fez sua estreia na derrota por 2 a 0 contra o Atlético-GO, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Sua primeira partida como titular foi na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, pela vigésima rodada do Brasileirão.

O atleta comentou sobre o calendário brasileiro e a adaptação ao elenco corintiano.

- É certo que cheguei e não tive tempo para treinar. Primeira partida fui conhecendo meus companheiros dentro de campo. Me sinto preparado, trato de estar à altura do clube, tenho as condições. É questão de tempo de adaptação, seguir trabalhando muito e conhecer melhor meus companheiros - comentou.

+ TABELA - Briga pelo título? Simule os jogos do Timão no Brasileirão

Contra o Dragão, ele entrou na vaga de Cantillo e jogou como primeiro volante. Já na partida diante do Glorioso, ocupou o lado direito do meio-campo. A versatilidade no setor foi abordada por ele na coletiva.

- O treinador já me conhecia, falou comigo. Posso jogar nas três posições, tanto de 5, ou na parte interna do meio, pela direita ou esquerda. Estreei jogando de 5, me sinto cômodo para jogar sozinho nessa função, assim como interno pela direita. A posição que meus companheiros necessitarem e o treinador pedir, vou dar o melhor - destacou.

Fausto Vera destacou a grandeza do Timão e disse que o clube brasileiro pode servir de vitrine para uma possível convocação para a seleção argentina.

- Estou no melhor clube do Brasil, gigante. Fazendo as coisas bem aqui, posso ter uma chance na seleção. Minha mentalidade é fazer as coisas bem no clube, conseguir coisas importantes. Trabalhar duro na semana, ajudar meus companheiros e concentrar em fazer as coisas bem aqui, assim o resto chegará - ponderou.

VEJA OUTRAS RESPOSTAS DE FAUSTO VERA

LIBERTADORES

Joguei no ano passado com o Argentinos Juniors. Jogar com o Corinthians é diferente, muito lindo, pelo contexto, o estádio, as pessoas, o fanatismo do Brasil. Agora é tentar reverter na semana que vem, é um partida que tenho muita confiança.

CAPITÃO NO ARGENTINOS JUNIORS

Era capitão com 22 anos. Hoje no grupo tem grandes líderes e venho para ajudar. Ir entrando no grupo e que eles sintam que eu posso ajudar dentro e fora de campo.

NÚMERO 33

No Argentinos e seleção sempre usava cinco, mas aqui o Maycon usava, que é um grande jogador. Escolhi a que estava disponível, mas o mais importante é o que eu vim fazer aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos