Faro minimiza sequência de derrotas do Vasco fora: 'Não abala em nada'

(Foto: Daniel RAMALHO/CRVG)


Neste domingo, na Arena Fonte Nova, o Vasco voltou a jogar mal fora de casa e perdeu para o Bahia por 2 a 1, de virada, pela 26ª rodada da Série B. Pouco criativo, o Cruz-Maltino foi pressionado pelo Tricolor durante quase toda a partida. Depois da derrota, o técnico Emílio Faro falou sobre qual foi a sua ideia de jogo para o confronto desta tarde.

- Não há estratégia de "não finalizar". A gente não conseguiu fazer transição. A gente teve muita oportunidade de transitar e ser mais letal à defesa do Bahia. A partir do momento que a gente abriu o placar, cada vez eles iam se lançar mais e a gente conseguiria situação de contra-ataque. A gente pega finalização de uma maneira que a gente traz a estatística para uma coisa que não é - afirmou Emílio Faro, antes de completar:

- Muitas vezes você pega uma bola e chuta de maneira despretensiosa. E quando você olha a estatística, tem um chute. Tem chute da intermediária, tem outro chute. Ou seja, a gente teve transições, a gente teve situação de atacar adversário. Mas a gente não conseguiu atingir a meta. Por isso a gente não fez placar melhor para gerar confronto nos dois gols que tomamos.

+ Veja a classificação da Série B!

Com a virada do Bahia, o Vasco chegou a cinco derrotas seguidas jogando fora de São Januário. No entanto, Emílio Faro segue confiante no acesso.

- Não abala em nada nossa classificação as cinco derrotas seguidas fora. Vai valer para a frente. A gente vai ter o acesso para a Série A - disse o treinador.

Agora, o Vasco segue na quarta colocação, com 42 pontos, apenas quatro pontos na frente do Londrina, o quinto colocado. Na próxima quarta-feira, o Cruz-Maltino recebe o Guarani, às 19h, em São Januário.