Fala de Mano Menezes após queda do Inter na Sul-Americana é criticada por Abel Braga

Última passagem do profissional no Inter ocorreu entre 2020 e 2021 (Ricardo Duarte/Divulgação/Internacional)


O ex-técnico do Internacional, Abel Braga, foi entrevistado no programa 'Seleção SporTV' onde criticou a declaração do atual comandante do Colorado, Mano Menezes, depois da eliminação da equipe na Sul-Americana frente ao Melgar-PER.

>Confira quais foram os 30 jogadores indicados para Bola de Ouro

Segundo a avaliação do profissional de 69 anos de idade que declarou estar aposentado da função de treinador desde que deixou o Fluminense, em abril deste ano, Mano não deveria ter feito a afirmação que o Inter "não está pronto para ser campeão", independente da procedência ou não do apontamento.

No entanto, Abel criticou também o comportamento mais agressivo de torcedores em protestos após reveses como, por exemplo, a quebra de vidros no Beira-Rio depois do 1 a 1 contra o Guaireña-PAR. A partida em questão ocorreu em abril deste ano e valia ainda pela fase de grupos da Sul-Americana:

- Me dou muito bem com o Mano, mas temos também que se colocar do lado do torcedor, entender aquilo. Entender a vaia, não a agressão, isso sou totalmente contrário e várias vezes me sinto privilegiado com o torcedor do Inter, mas sempre fui contra quebrar vidros, esses negócios. Vocês captaram quando ele chegou, o comentário dele do jogo não devia ter dito o que ele disse, "não estamos preparados para ser campeão". Pode realmente não estar, mas não pode dizer.

Depois de cair no torneio continental, o Inter foca suas atenções no Campeonato Brasileiro onde duelará com o Fluminense, no próximo domingo (14), no Beira-Rio.