Fagner projeta clássico pela Copa do Brasil e sonha com troféu que falta pelo Corinthians


Segundo atleta do elenco com mais tempo no Corinthians, o lateral-direito Fagner acumula títulos paulistas e brasileiros, mas não tem uma Copa do Brasil no currículo pelo clube alvinegro.

+ Saiba quais os atletas da base que mais integram os profissionais do Corinthians com Vítor Pereira

Há a chance jogador adicionar esse troféu que falta na prateleira com o Timão nesta temporada, mas o sucesso passa por um clássico já nas oitavas de final.

Nesta quarta-feira (22), o Timão inicia a trajetória de dois jogos contra o Santos, pela vaga na próxima fase da competição nacional.

De volta à equipe corintiana depois de quase dois meses afastado, por conta de uma entorse no tornozelo direito, Fagner atuou pouco mais de 10 minutos na vitória corintiana por 1 a 0 sobre o Goiás, no último domingo (19), pelo Campeonato Brasileiro, mas pode aparecer entre os titulares contra o Peixe.

Agora, com a chave trocada para a Copa do Brasil, o camisa 23 não esconde o desejo de conquistar o título da competição mata-mata pelo Timão. Ele já teve o gosto de conquistar o torneio, mas atuando pelo Vasco da Gama, em 2011.

– É um torneio (Copa do Brasil) que eu almejo ganhar pelo Corinthians, pois vi grandes times da história do clube conquistando, então espero também poder deixar meu nome marcado com uma conquista dessas. A Copa do Brasil sempre foi difícil e agora está ainda mais, com duelos mata-mata complicados desde as fases iniciais, principalmente agora, que vai afunilando – destacou o lateral.

Sobre o Clássico Alvinegro, Fagner deixou claro que não há favorito, mas cobrou entrega ao Timão no jogo de ida, que terá mando corintiano.

– Teremos pela frente um clássico, não há favorito, então vamos nos concentrar ao máximo e correr em dobro para começarmos bem esse confronto – comentou o corintiano.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil

DATA QUERIDA

O encontro diante do Santos pela Copa do Brasil acontece na data em completa quatro anos da estreia de Fagner em um jogo de Copa do Mundo, com a Seleção Brasileira.

Convocado por Tite para o último mundial, realizado na Rússia, em 2018, Fagner estreou na segunda rodada da fase de grupos, quando o Brasil venceu a Costa Rica por 2 a 0, no dia 22 de junho.

Fágner - Seleção Brasileira
Fágner - Seleção Brasileira

Fagner em ação pela Seleção na Copa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

– É algo inesquecível, que ficará marcado para sempre na memória e que penso com muito carinho. É a maior realização de um jogador profissional, poder representar seu país numa Copa. Tinha muita gente torcendo e mandando forças, realmente foi um dia especial e só tenho a agradecer aos meus familiares, amigos e todos os do Corinthians também que me ajudaram a alcançar esse objetivo na minha vida – relembrou emocionado o atleta corintiano.

O lateral havia ficado no banco de reservas no primeiro jogo, que teve Danilo titular na ala direita. Porém, o Danilo sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo e foi cortado da Copa, fazendo com que Fagner assumisse a posição até o fim do campeonato.

A cria corintiana então foi titular contra Costa Rica e Sérvia, ainda na fase de grupos, México, nas oitavas de final, e Bélgica, nas quartas, quando os comandados do professor Tite foram eliminados, após perderem por 2 a 1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos