Fabrizio Gallas: 'Final Alcaraz x Ruud é um marketing para o Rio Open'

Alcaraz se tornou o mais jovem tenista a atingir o topo do ranking mundial da WTA (Foto: USTA)


A decisão do US Open será entre Carlos Alcaraz x Casper Ruud. Mais um ano onde o torneio americano revela um novo campeão de Grand Slam a exemplo do que foi em 2020 e 2021. E com a pimenta a mais na disputa direta pelo número 1 do mundo.

Quem diria que o norueguês fosse ter essa chance, não é ?

Improvável, mas caso consiga, seria muito justo diante de sua regularidade, bom tênis e claro, a 'velha guarda' do Big 3 que aos poucos vai saindo de cena.

O Rio Open é que pode ganhar muito com isso. O torneio já anunciou com muita antecedência a presença desses dois jogadores. E justo eles farão a final neste domingo. É o momento do torneio capitalizar bastante em cima disso nesse momento.

Pode ser que até fevereiro o ganhador de domingo não seja mais o líder do ranking, mas por algumas semanas será.

Recordes de Alcaraz
O espanhol vem batendo marcas precoces no torneio. Se tornou o segundo mais jovem finalista em Nova York atrás por poucos meses de Pete Sampras, finalista pela primeira vez em 1990 com 19 anos e 28 dias (Alcaraz tem 19 anos e 4 meses). Se for o campeão neste domingo será o mais jovem número 1 da história passando Lleyton Hewitt que conquistou tal status aos 20 anos e 8 meses em 2001.