Fábrica de chocolates! Palmeiras atropelou o São Paulo nas últimas decisões no Allianz Parque

Palmeiras fez um placar agregado de 7 a 0 sobre o São Paulo nas últimas decisões (Foto: Alex Silva / LANCEPRESS!)


O Palmeiras precisa reverter o placar do jogo de ida para eliminar o São Paulo e avançar para as quartas de final da Copa do Brasil. Para isso, o Verdão necessita de uma vitória por dois ou mais gols de diferença, o que evitaria a possibilidade de pênaltis. Se pensarmos no histórico desse clássico no Allianz Parque, a missão não seria difícil, já que os são-paulinos cansaram de ser atropelados na arena alviverde.


GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Sem precisar ir muito longe, podemos logo de cara lembrar das duas últimas decisões de mata-mata que os times tiveram no Allianz: as quartas de final da Libertadores-2021, e a final do Paulistão-2022. No torneio continental, empate em 1 a 1 no Morumbi, e depois vitória palmeirense por 3 a 0 em casa. No estadual, vitória tricolor por 3 a 1 no Morumbi, e goleada por 4 a 0 do Alviverde em sua arena.

Pegando somente essas duas, temos um "placar agregado" de 7 a 0 para o Palmeiras nas últimas decisões no Allianz Parque, o que já serve de motivação para o duelo desta quinta-feira. Tanto o 3 a 0 da Libertadores, quando o 4 a 0 do Paulistão seriam suficientes para o time de Abel Ferreira eliminar o rival, que venceu a ida por 1 a 0.

Mas a motivação não vem apenas desses dois momentos mais recentes. O histórico do Choque-Rei no Allianz Parque é de atropelamentos palmeirenses, com vitórias que dariam a vaga ao Verdão tranquilamente se os placares fossem repetidos nesta quinta. Dos 15 jogos entre os rivais na arena, o Alviverde venceu dez, empatou dois e perdeu três (todos eles entre 2020 e 2021).

Desde 2015, quando ocorreu o primeiro Choque-Rei no Allianz, o confronto ficou marcado como sinal de "chocolate" do Palmeiras no São Paulo e em muitos jogos foi exatamente isso que ocorreu. Em sete vitórias os palmeirenses marcaram três ou quatro gols. Apenas dois triunfos foram mais modestos, ambos anotando dois gols.

No entanto, o histórico positivo não para por aí. Das dez vitórias alviverdes contra o Tricolor no Allianz Parque, em nove o time bateu o rival por dois ou mais gols de diferença, o que seria suficiente para passar de fase. O único triunfo pela diferença mínima foi no Brasileirão-2016, quando venceu por 2 a 1 em partida difícil.

Ao todo, são 31 gols marcados em 15 jogos, média de mais de dois tentos por duelo. Os números só não são melhores, pois entre outubro de 2020 e agosto de 2021 o Palmeiras ficou sem vencer o São Paulo em sua arena, e sem marcar sequer um gol sobre o rival. Foram duas derrotas e um empate no período. Depois, em novembro de 2021, o Verdão voltou a perder para o Tricolor sem marcar gols.

Com esse histórico de "Fábrica de Chocolates", o Palmeiras vai em busca de mais uma virada no Allianz Parque em mata-mata sobre o rival. Mesmo se não for goleada, o 2 a 0 já será uma grande vitória para colocar o time de Abel Ferreira nas quartas de final da Copa do Brasil. A memória recente desse elenco vai ajudar no desafio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos