Ex-tenista revela que quase cometeu suicídio há dois meses

Ex-tenista nasceu na Croácia, mas se naturalizou australiana e teve seus melhores momentos no início dos anos 2000. Foto: Robert Prezioso/Getty Images
Ex-tenista nasceu na Croácia, mas se naturalizou australiana e teve seus melhores momentos no início dos anos 2000. Foto: Robert Prezioso/Getty Images

A ex-tenista Jelena Dokic, que se tornou a número quatro do mundo em 2002, revelou que estava prestes a cometer suicídio há dois meses, quando pensou em se jogar do vigésimo sexto andar de seu apartamento.

Dokic, nascida na Croácia, mas de nacionalidade australiana, ficou conhecida em Wimbledon 1999 quando, aos 16 anos, venceu Martina Hingis na primeira rodada e chegou às quartas de final do torneio. A ex-jogadora conquistou quatro títulos da WTA, jogou nas semifinais de Wimbledon e chegou às quartas de final em Roland Garros e na Austrália.

Leia também:

Em 2017, três anos após sua aposentadoria, ela explicou os problemas que sofreu durante sua carreira, incluindo os abusos físicos e mentais que sofreu por parte do pai.

"Quase pulei do 26º andar da minha casa e tirei minha própria vida", disse Dokic em um post nas redes sociais. "Eu nunca vou esquecer aquele dia. Tudo estava escuro. Nada fazia sentido. Havia apenas lágrimas, tristeza, depressão, ansiedade e dor. Os últimos seis meses foram muito difíceis. Eu tenho chorado constantemente. De me esconder no banheiro quando estou trabalhando para enxugar minhas lágrimas para que ninguém veja até o choro imparável em casa entre minhas quatro paredes. Tem sido insuportável”.

"Eu me culpo. Acho que não mereço ser amado e estou com medo ", acrescentou a ex-jogadora. A australiana, que desde sua aposentadoria tem combinado empregos como comentarista de televisão, confirmou que está recebendo ajuda médica.

"Isso não é fácil de escrever, mas sempre fui aberta, honesta e vulnerável. Acredito muito no poder de compartilhar nossas histórias para ajudar os outros. Escrevo isso porque sei que não sou a única que está sofrendo”, admitiu Dokic.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos