Ex-surfista do circuito mundial morre ao ser agredido em briga de bar

Chris Davidson tinha 45 anos (Foto: Kelly Cestari/World Surf League)


O ex-surfista australiano Chris Davidson, membro da elite mundial durante a carreira, morreu aos 45 anos após levar um soco no rosto em uma briga de bar na Austrália, na madrugada de sábado para domingo. A informação é do The Daily Telegraph.

O jornal informou que a agressão aconteceu do lado de fora de uma casa noturna. Após o soco, Chris caiu e bateu com a cabeça no meio-fio. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu.

A polícia prendeu um homem de 42 anos identificado como Grant Coleman. O acusado não quis pagar fiança e será julgado no Tribunal de Fiança de Port Macquarie.

Chris Davidson chegou a disputar uma final do WCT, em 2009, contra o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho. Um ano depois, ele viveu o melhor momento de sua carreira, ocupando a 14º posição entre os melhores surfistas do mundo.

A WSL se pronunciou lamentando a morte do ex-surfista.

- A Liga Mundial de Surf, e a comunidade de surf em geral, estão tristes ao saber que o ex-surfista do CT Chris Davidson, de Narrabeen, Austrália, faleceu tragicamente no sábado. Nossos pensamentos estão com a família e amigos dele - postou, no Instagram.